São Paulo acusa Cruzeiro por aliciamento a Pratto

Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

Um boato que circulou nas mídias sociais nesta segunda feira, foi de uma possível negociação entre São Paulo e Cruzeiro por Lucas Pratto. O fato é que o time mineiro teria feito uma proposta salarial diretamente ao argentino, o que causou grande irritação na diretoria são-paulina, já que isso caracteriza-se como aliciamento.

Pratto, que marcou 14 gols nesta temporada e foi o artilheiro do time, tem contrato com o Tricolor até o final de 2021. Esteve fora das últimas duas partidas, devido a um tratamento sobre uma lesão na coxa direita, que escondeu durante a reta final do Brasileirão. O jogador não é cogitado pela diretoria para ser negociado, pois tem um perfil de liderança que o grupo precisa neste ano de 2018, já sem contar com o ídolo uruguaio, Diego Lugano.



A diretoria Tricolor estuda levar o caso à FIFA, devido não ter sido consultada em nenhum momento pela gestão do Cruzeiro.

Contratado pelo São Paulo em fevereiro, Pratto teve 50% dos direitos de seu contrato, adquiridos pelo Tricolor, por 6 milhões de euros. Neste acordo, ficou estipulado que o São Paulo tem metas a cumprir para adquirir o restante em até três anos. De acordo com dados publicados pelo GloboEsporte.com, em 2018, o Tricolor deve pagar mais 1,5 milhão de euros ao Galo, e no fim do período, o argentino terá custado 12 milhões de euros. Além disso, se receber qualquer oferta acima desse valor, o São Paulo tem que passar 50% do lucro ao Atlético-MG.


Confira outras notícias no Arquibancada Tricolor