Em nova “pior partida do ano”, São Paulo perde para o Vasco

Mais uma performance vexatória marcou a partida do São Paulo diante do Vasco da Gama, em São Januário, e o Tricolor saiu derrotado por 2 a 0.

Após um início forte na primeira etapa, o time começou a errar passes de forma bisonha, além de excessiva falta de atenção. Com isso, o Vasco abriu o placar após Jucilei errar um passe para Hudson, tocando nas costas do camisa 25, Andrey agradeceu o presente e chutou de fora da área, no canto esquerdo de Jean que poderia, talvez, ter alcançado a bola.

A partir daí, o Vasco começou a ser o dominador da partida, mas mais pelos constantes erros do São Paulo, do que por méritos próprios. O Tricolor seguia fazendo com que qualquer torcedor tivesse vontade de parar de assistir à partida. Sim, estava irritante.

Ao final do primeiro tempo, a comissão técnica do São Paulo estava mais preocupada com o fato de as bolas do jogo estarem vazias, em uma manobra imunda do Vasco da Gama para tentar atrasar a partida o máximo possível.

Na segunda etapa o São Paulo começou forte novamente, mas esbarrava nos próprios erros. Jardine colocou Shaylon, Pedro e Antony nos lugares de Hudson, Tréllez e Helinho, respectivamete, ao longo do segundo tempo, mas nenhuma substituição foi capaz de melhorar o panorama da partida.

No penúltimo lance da partida, o Vasco armou um bom contra-ataque e Yago Pikachu marcou o segundo do clube carioca, jogando a última pá de terra da partida.

Destaque positivo para Helinho, que jogou acima da média dos demais e, por incrível que pareça, para Rodrigo Caio. O camisa 3 entrou sob forte desconfiança da torcida, mas não comprometeu, foi firme e só não marcou o gol de empate em bola aérea por que Fernando Miguel, goleiro vascaíno, operou um milagre.

Destaque negativo para o time inteiro e para Jardine, que não mudou nada ao longo do jogo todo, sem conseguir melhorar a equipe (o que não significa que já estejamos crucificando o cara). Errou, mas é um treinador promissor e, caso não haja um grande nome para 2019, merece continuidade para ser treinador em 2019.






Com a derrota, o São Paulo segue estacionado nos 62 pontos, na quinta colocação. O Grêmio tem a mesma pontuação, mas está uma posição à frente, por ter uma vitória a mais.

A chance de nos classificar para a fase de grupos ainda existe e é grande, mas precisamos acordar.

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!