Motocross ao futebol: conheça o novo lateral do sub-17 Léo Jance
Foto: Arquivo pessoal

Desde os nove anos de idade na base de Cotia, lateral-esquerdo já acumula convocações pelo sub-15 da seleção brasileira

Leonardo Oliveira Jance, ou simplesmente, Léo Jance, é mais um menino sonhador que escolheu viver do futebol e encarar essa profissão concorrida, para buscar uma vida melhor através do seu talento com a bola no pé.

Nascido na cidade de São José do Rio Preto, interior do estado, o lateral-esquerdo, antes da vida “futebolística”, praticou Motocross olhando seu tio na infância. Léo chegou a competir pelas categorias juniores, mas parou devido pedido dos pais para largar tal profissão perigosa e investir em outra área esportiva. Foi ai que se dedicou ao futebol, e através da escolinha do ex-atacante Luizão, em Rio Preto (SP), Josimar, observador da escolinha e irmão do Luizão, gostou do atleta e propôs sua ida para o São Paulo.

Aos nove anos chegou ao Tricolor e aos 12 anos disputou o Campeonato Paulista da categoria com a camisa do São Paulo. Feito realizado devido sua ofensividade e aplicação taticamente, inspirada em seu companheiro de posição, Guilherme Arana.

Jance atualmente tem 16 anos e está no time sub-17 do São Paulo. Ele está disponível para o técnico Menta, que tem a dura missão de defender favoritismo, pois os seus meninos de Cotia, em 2020/21, foram campeões da Copa do Brasil e da Supercopa do Brasil da categoria.

Junto com São Paulo, Léo Jance terá a chance de defender os títulos nacionais e buscar se firmar na equipe. Devido a grande sequencia de jogos e muito dos atletas sub-17 vivenciarem períodos de treinos entre os profissionais, vários jogadores terão a grande chance de se firmar no sub-17 e alçar grandes voos para evolução, que já estipulada entre sub-20 até o profissional.

Post anteriorOs jogadores do atual elenco do SPFC que já ganharam títulos na base contra o Palmeiras
Próximo PostAcompanhe ao vivo São Paulo x Flamengo pelo primeiro jogo da final do NBB
Diego Monteiro, 33 anos, paranaense da cidade de Cascavel, jornalista apaixonado por futebol, São Paulo FC e resenha onde tenha cerveja gelada. Quero ser a voz do são paulino que ecoa nas arquibancadas do Morumbi. Sigam-me os loucos por futebol, que a resenha já está formada.