Divulgação

Nesta terça-feira (09), o São Paulo começou a decisão da Copa do Brasil. A equipe de Menta fez um bom primeiro tempo e abriu o placar com Newerton, porém, no segundo tempo a equipe baixou intensidade e viu o Rubro Negro melhorar e marcar três vezes para dar a vitória aos cariocas.

O time agora precisará ir até a Gávea e vencer por dois gols de diferença. A Copa do Brasil não tem gol fora de casa, então mesmo vencendo por 2×0 ou 4×2 a disputa será decidida nos pênaltis.

Para o duelo, Menta mandou a campo o time formado por: Leandro, Moreira, Ythallo, Lucas Inácio, Negrucci, Raphael, Caio, Mateus Amaral, Kauê Canela, Luis Henrique e Newerton.

O time começou o jogo com um bom ritmo e criando chances de gol. Aos 26 minutos do primeiro tempo, a equipe abriu o placar. O Tricolor armou boa jogada e após um passe longo, Caio cruzou rasteiro e Newerton apareceu para abrir o placar da decisão.

Até o fim do primeiro tempo, a equipe se mostrava segura na defesa e criando chances, principalmente com Caio, no ataque. No segundo tempo, porém, o time Rubro Negro voltou melhor e com a mudança de Matheus Gonçalves por Mateusão chegou aos gols. Primeiro com Victor Hugo, aos 7 minutos, depois com o próprio Mateusão e por fim, o gol contra de Ythallo fechou o placar.

No fim do jogo, o atacante Caio comentou sobre o duelo: “Vacilamos ali no segundo tempo. Fizemos o 1 a 0, mas no segundo tempo desatenção. Não tem nada decidido e no Rio a gente vai tentar fazer um bom jogo“.

A partida decisiva da final acontece na próxima segunda-feira (15), no Estádio Municipal General Raulino de Oliveira, às 20h.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorTricolor tem oito finais em busca do objetivo de ir a Libertadores
Próximo PostFortaleza terá quatro desfalques contra o São Paulo
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.