Time sub-17 do São Paulo vence o Palmeiras no Allianz Parque
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O Tricolor Paulista faz 2 a 0 fora de casa com gols de Mateus Amaral e Patrick, saindo na frente no confronto rumo a final da Copa do Brasil sub-17

Dominante durante toda a partida, o time sub-17 do São Paulo venceu o Palmeiras por 2 a 0 no Allianz Parque, nesta tarde de sexta-feira (15), jogando a responsabilidade da partida de volta, que será na casa Tricolor, para o adversário, que precisará ganhar a partida com saldo de gols superior a dois gols. Os tentos da partida foram marcados por Mateus Amaral e Patryck.

Com a vitória, o São Paulo poderá jogar com regulamento a seu favor, com um empate no jogo de volta, que será no CT Marcelo Portugal Gouvêia, em Cotia, na próxima quinta-feira (21), às 15h30, a base garantirá sua vaga na final. Na outra chave, o time do Fluminense também venceu o seu clássico por 6 a 1 o Flamengo, saindo na frente na semifinal.

O jogo….

O destaque da partida foi Patryck e o Marquinhos, que ditaram o ritmo da partida e infernizaram a zaga adversária. A garotada explorou bem os erros do Palmeiras e com rapidez tramou bons contra-ataques. Uma boa partida do sub-17 Tricolor.

O time do São Paulo já começou a partida impondo seu ritmo e logo na primeira jogada conseguiu um escanteio, Marquinhos cobra e quase faz o seu gol olímpico no Allianz Parque. Murilo, goleiro do Palmeiras, dá um tapinha para fora.

Em busca do placar e, não se intimidando por jogar fora de casa, o Tricolor em mais um escanteio, cruza na área, a bola é afastada pela zaga palmeirense e no bate e rebate, Mateus Amaral aparece na sobra para chegar batendo de chapa no cantinho do gol. O São Paulo abre o placar!

Com jogo intenso, o time do São Paulo caiu de rendimento a partir dos 25 minutos, e o Palmeiras aumentou sua linha de marcação, fechando desde a saída de bola, dificultando as jogadas e embolando no meio de campo. O São Paulo tem o Marquinhos que voltou ascender o time no jogo com suas jogadas e chutes para o gol, que colocou o goleiro adversário para trabalhar dobrado na partida.

Após roubada de bola na defesa do Marquinhos, jogador acionou João Adriano, que ligou o contra-ataque e o Palmberg na esquerda recebeu, levantou a cabeça e faz o arco, cruzando na direita para o Talles que bateu forte, mas a bola subiu muito e bateu no travessão, quase o segundo gol.

No início de segundo tempo, o time de Cotia faz uma belíssima triangulação, de pé em pé, Patryck chuta de fora da área, e faz o segundo gol do São Paulo na partida, aos 2 minutos do segundo tempo. Falha do goleiro e mérito do lateral, que aproveitou o campo molhado e arriscou. 2 a 0 para o São Paulo.

O jogo esfriou e a garotada do São Paulo recuou suas linhas, deixando o time palmeirense tocar a bola na linha central do campo e aguardava para o contra-ataque. O time verde quando tinha a posse de bola, fazia algumas jogadas na tentativa de marcar o gol, esbarrando na ótima marcação do Tricolor Paulista.

Aos 33 minutos do segundo tempo, o São Paulo faz suas primeiras alterações, saíram João Adriano e Mateus Amaral, entraram Caio e Luizinho, o técnico Menta fez as alterações buscando manter a intensidade e segurança no jogo. E aos 40 minutos, saíram Talles e Palmberg para descansar, e entraram Pet e André. Os mandantes da partida sem força, só assistem o time de Cotia tocar a bola até o final do jogo. Vitória do time das cores vermelha, branca e preta.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC