Cláudio Mortari vai às lágrimas com título no São Paulo
Foto: Reprodução / FIBA Basketball

Na noite do último domingo (11), o São Paulo foi derrotado pelo Flamengo em duelo válido pelas semifinais da Champions League Américas.

Agora resta ao Basquete Tricolor disputar um lugar no pódio da competição. Para isso, a equipe comandada pelo treinador Cláudio Mortari, terá mais um clube brasileiro pela frente: o Minas, que perdeu a outra partida da semifinal para o Real Esteli, da Nicarágua.

Apesar de estar de fora da grande final, que terá o Flamengo contra o Real Esteli, Mortari destacou o fato do time são-paulino estrear na competição e já ficar entre os 4 melhores:

“A equipe participa de uma competição continental pela primeira vez e já chegar entre os quatro primeiros é algo muito grande. Vamos tentar de todas as maneiras conquistar o terceiro lugar e ir ao pódio“, comentou.

Em menos de 3 anos do retorno do Tricolor a modalidade, o clube alcançou lugares de destaque nos torneios em que participou e medir forças com as melhores equipes do continente estando entre os finalistas é motivo de orgulho para o projeto são-paulino:

Claro que gostaríamos de brigar pelo título, mas não deu. Sabemos da importância de ficar em terceiro lugar. Por isso, posso prometer ao torcedor que estamos motivados e focados para fazer um grande jogo“, finalizou Mortari.

A decisão do terceiro lugar da BCLA acontece nessa terça-feira (13), às 19h40, em Manágua, na Nicarágua. O São Paulo ainda tem chances de título nessa temporada, já que está classificado para os playoffs do NBB.

O jogo terá transmissão do DAZN e você pode fazer o teste de um mês grátis na plataforma para acompanhar este confronto clicando aqui.

Post anteriorVitor Bueno de centroavante: é uma boa? – Tática Didática
Próximo PostÉder fala sobre primeiro gol e revela idolatria por atacantes são-paulinos
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.