10 milhões perdidos. Alguém me explica a situação do Leo Natel?

A Coluna do Felipe é publicada às quintas-feiras pelo Felipe Morais e sempre trará detalhes sobre a rica história do Tricolor! Clique aqui e veja todas as edições da coluna.

Amigos tricolores

O Corinthians anunciou a contratação do atacante Léo Natel. O jogador revelado na base do São Paulo, que nunca foi aproveitado no time principal, se apresenta em julho no Parque São Jorge, afinal, seu contrato com o São Paulo vence e não foi renovado. Essa transação seria apenas mais uma do futebol, em que um um jogador pouco utilizado em um time vai para um rival, não causaria estranheza, se não fosse por alguns detalhes.

Eu, particularmente, acho péssimo o trabalho do jornalista Jorge Nicola. Ele é daqueles que chutam tudo e se acertar, ok, senão, continua, o problema é que o Calazans acerta mais chute do que ele, logo, já deu para entender que o cara acerta 1 a cada 100! E talvez, o seu acerto do ano tenha sido um vídeo que vi na semana passada, que se caso for verdade, eu vejo o quão amadora é a nossa diretoria. E gostaria, mesmo, que o conselho do São Paulo apurasse esses fatos, se comprovado, derrubar todo mundo! Em qualquer empresa séria, a incompetência pode até ser tolerada, mas uma dessas, seria demissão em massa de todo um departamento.

Fatos

Leo Natel nunca foi o craque que o São Paulo esperava. Se fosse, teria seguido o caminho de Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony, ou seja, a titularidade do time principal. Começou a carreira na base do Benfica de Portugal, em 2015. Em 2017, o São Paulo comprou o atacante por 500 mil reais. Ele teria chances de estreia com Rogério Ceni, no time titular, mas a rápida demissão do técnico não deixaram, porém, logo que assumiu o Fortaleza, Ceni pediu o jogador para seu time, porém, foi ofuscado por Osvaldo, que também passou pelo tricolor. Com apenas 13 jogos e dois gols no Fortaleza, Natel acertou com o Apoel, do Chipre, no meio de 2018. Pelo clube europeu, foram 31 jogos e nove gols marcados. No fim de 2019 voltou para o São Paulo, mas sem espaço ficou treinando em separado esperando uma negociação.

Perceba que ele foi emprestado algumas vezes e nunca para times de grande expressão. Já tem 22 anos, ou seja, se fosse para ser um craque, já estaria no time titular, ou pelo menos disputando vaga com Pato, Pablo, Antony e Vitor Bueno. Com a venda de Antony, teria sua chance aumentada, mas não.

O empréstimo ao Apoel tinha um valor fixado de 2,5 milhões de Euros, pelo passe, mas o time do Chipre, sem dinheiro, desistiu do negócio. Como tinha contrato com o São Paulo até junho de 2020, a partir de janeiro ele poderia assinar um pré-contrato com qualquer time, e acabou fazendo com o Corinthians. André Sanchez procurou o São Paulo propondo que o time antecipasse o fim do contrato com o jogador e em troca ficaria com 20% do passe de uma venda futura. O São Paulo vetou. Claramente, a ideia, do São Paulo era vender o atacante pelo valor da multa, ou próximo, e colocar o dinheiro nos cofres do tricolor.

Segundo Nicola…

O São Paulo recebeu, no período, mais 3 propostas de times da Europa pelo atacante. Nenhum deles de grande expressão e nenhum chegou com valores da multa. Foram propostas de 1,3 a 1,7 milhões de Euros, o que hoje, representaria aproximadamente 10,5 milhões de reais. Não é muito se comparado aos quase 156 milhões que o São Paulo deve, mas é um valor que ajuda. Porém, esse valor não vai entrar nos cofres!

A “competente” gestão do atual São Paulo, fará com que o time perca esse dinheiro, pois Léo Natel já será apresentado ao time do Parque São Jorge em julho, já tendo sido anunciado oficialmente como o primeiro reforço do time para o 2º semestre.

Alguém me explica em que momento, 10 milhões de reais não fazem falta aos cofres do São Paulo?


Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: