Rogério Ceni x Fernando Diniz: conheça as diferenças táticas

Rogério Ceni, melhor técnico brasileiro da atualidade (e quem discordar é clubista), é cogitado para ser o comandante do São Paulo em 2021.

Com o fim do mandato do Leco (UFA!), fica mais real o cenário do M1TO voltar pro Tricolor.

No texto de hoje, esqueça se um é bom e o outro é ruim. Aqui, vamos discutir a ideia de jogo e não a execução dela, fechado?

Leia o texto até o final para descobrir as diferenças e semelhanças entre Diniz e Rogério.

Semelhanças táticas entre Ceni e Diniz

Felipe Alves, goleiro do Fortaleza

Os dois treinadores gostam da participação ativa do goleiro no jogo. Isso é fato e assusta demais a torcida. Porém, essa ideia é uma tendência do futebol moderno. 

Porém, usada em excesso por times e jogadores sem tanta qualidade técnica. 

O Jogo Posicional também é um conceito que os dois amam. Ele consiste em os jogadores manterem sua posição e função no campo, sem troca de posições a todo momento.

Calma! Entenda na prática o jogo posicional praticado por Pep Guardiola. Na explicação o Professor Henry. Entende quase nada, né?

(Caso não esteja visualizando o vídeo, clique aqui)

Diferenças entre Rogério Ceni e Fernando Diniz

Ao contrário de Diniz, o Mito é bem mais vertical e gosta de atacar e contra-atacar com mais velocidade e dinâmica. 

Enquanto, Diniz prefere um time com uma transição ofensiva mais organizada.

Rogério também gosta de um time rápido, mas que tenha pegada no meio de campo, fazendo os atacantes pelas beiradas pressionarem os laterais.

Diniz gosta de um meio que saiba jogar. Foi por isso que ele tirou Luan do time e recuou o Tchê Tchê para volante, no início da temporada.

Como Rogério montaria o SPFC 2021?

Caso o Ceni volte para o Morumbi, fica claro que ele tem repertório para variar não só o esquema de jogo, como também se adaptar ao adversário.

Foi assim, que ele fez o seu ídolo, Jorge Sampaoli, virar o seu Freguês. O M1TO entende as fraquezas e as qualidades do seu time.

Rogério sabe que contra o Flamengo vai precisar se defender mais e contra um time mais fraco ele pode propor mais o jogo.

Atualmente, no Fortaleza ele joga num 4-4-2 com meias, que na verdade viram pontas, bem abertos, e quem arma esse time são os volantes, que tem bom passe.

Confira o provável SPFC de Ceni em 2021

Calma! É só um provável time, de acordo com as escalações que o Ceni vem trabalhando no Tricolor de Aço.

Acredito que ele buscará no mercado jogadores de muita intensidade e velocidades para as pontas. 

Enfim, fica claro que pra um jogador ser titular no time do Ceni é preciso atacar com dinâmica, ter bom passe e principalmente raça.

E você, quer a volta do M1TO em 2021 pro Morumbi? Responde aí nos comentários! Semana que vem tô de volta.

Aproveita e dá uma lida no meu último texto, ou clique aqui  para gente conversar de boa no meu Twitter.


Gabriel Augusto. Gabriel é Redator, tem 27 anos e é um dos maiores Corneteiros de sofá do SPFC. Perfil no Twitter (@augustopontotxt)

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Fotos: Divulgação

Comente com sua conta do Facebook: