#ColunaAT – Há 18 anos, o São Paulo era campeão do Torneio Rio-SP

A coluna #TBTricolor escrita pelo Jean Cláudio será publicada sempre às quintas-feiras com o foco na história do Tricolor!

Em 2001, o Tricolor conquistava, em cima do Botafogo, seu primeiro e único título do campeonato regional

Dia 07 de março de 2001. Há exatamente 18 anos, São Paulo e Botafogo realizavam no Morumbi o segundo jogo da final do Torneio Rio-São Paulo e, com larga vantagem após golear no primeiro jogo, o Tricolor nem precisava ganhar para ser campeão.

A fórmula de disputa era das mais simples possíveis: dois grupos, cada grupo com os 4 grandes de cada estado. Cada time enfrentava os 4 integrantes do outro grupo. Os dois melhores se classificavam após essa fase e assim seguiam-se as semifinais e a final em jogos de ida e volta.

A campanha do Tricolor foi bastante irregular, muito por conta de a equipe contar com muitos jogadores da base, que em 2000 vencera a Copa SP de Futebol Jr. Na estreia vencemos o Vasco por 2×0 jogando em casa, na sequência uma derrota dolorida por 5×2 para o Fluminense, um empate em 1×1 contra o Botafogo no Morumbi e na última rodada 2×0 no Flamengo jogando no Maracanã. Com esses resultados, o São Paulo se classificou em segundo no grupo, com 7 pontos e atrás do Santos, invicto com 10.

O adversário da semifinal seria o Fluminense, que havia nos goleado na primeira fase. Como se classificou em primeiro lugar em seu grupo, o time carioca tinha o direito de decidir a vaga no Maracanã. Então o São Paulo precisava do resultado no primeiro jogo, no Morumbi. E ele veio! Magro, mas veio. Com gol de França, o Tricolor levava o primeiro round e poderia jogar pelo empate no Rio. No Maracanã a pressão foi enorme. Estádio lotado e o Fluminense em cima, pois precisava de 2 gols. No primeiro tempo o São Paulo conseguiu se segurar, 0x0, esse placar era nosso. Mas no segundo tempo a pressão do Tricolor carioca deu resultado. Aos 7 minutos e aos 13, o atacante Marcos Brito marcou os dois gols que até então levava o time carioca à final. Porém, apenas 3 minutos depois, França diminui para 2×1, resultado que levaria a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças, mais emoção. Após 4 x 4 nas regulamentares, com defesa de Rogério Ceni na última cobrança que classificaria o Fluminense, 7×6 nas alternadas, com mais duas defesas do goleiro e ídolo tricolor. O São Paulo eliminava o Fluminense e enfrentaria o Botafogo, que eliminara o Santos em plena Vila Belmiro.

Confira no vídeo abaixo os gols da segunda semifinal e as cobranças de pênalti:

Podemos dizer que os jogos mais complicados na fase final foram contra o Fluminense na semifinal, pois nos dois jogos da decisão o Botafogo não ofereceu tanto trabalho ao Tricolor. Por conta da campanha geral, a decisão agora seria no Morumbi e o jogo de ida, no Rio de Janeiro.

Também podemos dizer que o título já veio logo no primeiro jogo, quando o São Paulo aplicou 4×1 no Botafogo em pleno Maracanã. Carlos Miguel, Luís Fabiano, duas vezes, e França foram os autores dos gols tricolores. Com tamanha vantagem, o São Paulo até podia perder por 2 gols de diferença, que ainda assim seria campeão do torneio. No segundo jogo, o Botafogo saiu na frente no primeiro tempo, mas o placar de 1×0 era insuficiente para os cariocas. Ainda assim o São Paulo viraria o jogo com o jovem Kaká, que saiu do banco no segundo tempo para marcar os dois gols da virada e sacramentar o título inédito do São Paulo FC.






Excelente matéria do repórter Regis Rosing falando sobre a goleada no primeiro jogo.
Matéria do Globo Esporte sobre o surgimento de Kaká e seus dois gols no segundo jogo da final.

O torneio Rio São Paulo ainda seria disputado mais uma vez, em 2002, e o São Paulo chegaria a final novamente, sendo derrotado pelo rival Corinthians. Depois deste ano o torneio foi extinto, pois não haveria espaço no calendário para disputa do Rio-SP, dos estaduais e do Campeonato Brasileiro, que a partir daquele ano seria disputado no formato de pontos corridos. A CBF decidiu então priorizar suas federações e os campeonatos estaduais, abrindo mão dos torneios regionais. Além do Rio-SP, também seria extinto o torneio Sul-Minas.


Jean Cláudio. São-paulino jornalista. E não o contrário, pois antes de escolher a profissão, escolhi torcer pelo São Paulo. Apaixonado por história e por leitura, amo conhecer mais sobre as memórias do futebol e principalmente, do Tricolor Paulista.

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!