#ColunaAT – Não existe favorito, o São Paulo vai forte para o Allianz Parque

Espaço do Torcedor é a coluna quase que diária do Arquibancada Tricolor, que dá voz a todos os torcedores da arquibancada. Quer ver seu texto publicado aqui? Mande uma mensagem para nós!

O histórico é de penar. A maldição das arenas na vida do são-paulino o permite estar contente em caso de eliminação com boa partida do time. Mas para o clube onde a moeda caiu em pé; não existe o impossível. Por isso acreditamos. E acreditamos porque melhoramos.

O São Paulo renasceu nesta temporada. A mescla veteranos e meninos esboçou um time que nos obriga apoiar e crer. Não é mais exagero pensar em vitória no Allianz Parque diante do time da Crefisa. O São Paulo que hoje é mais veloz e habilidoso, pode vencer o jogo em dois ou três contra-ataques rápidos. A tendência é um Palmeiras sufocante para se impor. Mas o São Paulo hoje tem um sistema defensivo que passa confiança.

Cuca, que estará à beira do campo, já esteve do lado de lá. Sabe como o Palmeiras se porta em sua casa e o que provavelmente é estratégia para essa partida. Cabe ao nosso time absorver e executar bem o que será passado.






O nível de concentração precisa ser altíssimo. É um ambiente hostil. Enjoado. Só haverão gritos palmeirenses. Não dar espaços e disputar cada bola como se fosse a que decidirá o clássico é fundamental. Os meninos não sentiram o peso do tamanho do jogo no primeira partida, um bom trabalho psicológico para que não sintam o jogo de volta é importante. Tenho certeza de que ele já foi iniciado.

Esse jogo é o que mais, na teoria, entramos leves e com chances. Em outros momentos o São Paulo sempre ia para lá com alguma pressão. Seja por mau momento ou por pífio futebol apresentado. Agora, há um time compacto que parece ter bem desenhado sua proposta de jogo.

Acreditar sempre é preciso. Em jogos como o do próximo domingo é imprescindível. Os jogadores têm que entrar sabendo que precisam deixar a vida pela vitória. E isso somos nós quem passamos aos jogadores. Sinergia entre torcida e elenco: ganha campeonatos.

Ps: Ao Leco e toda diretoria, abram o treino que antecede o jogo! Seja no CCT da Barra Funda ou no Morumbi. Deixem os jogadores sentirem nosso apoio.


Paolo Ricardo, 20 anos, paulistano. Estudante de Relações Públicas. Mas antes de tudo, são-paulino de alma e coração. Que tem como segunda casa o sacrossanto Morumbi.

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rummens

Comente com sua conta do Facebook: