#ColunaAT – O Pato vem ai e o bicho vai pegar!

A Coluna do Felipe é publicada às quintas-feiras pelo Felipe Morais e sempre trará detalhes sobre a rica história do Tricolor! Clique aqui e veja todas as edições da coluna.

Amigos Tricolores

Em breve, teremos Alexandre Pato no comando do ataque tricolor. Isso nos dá uma nova esperança de gols, tendo um jogador que tem um nome forte e um talento acima da média. Não acredito que haja um são-paulino, daqueles que entendem de futebol, que não tenha gostado do Pato no São Paulo. Se o time pagou muito por ele, ou não, em campo, é que veremos. Faço sempre uma conta, ao debater sobre o quanto vale ou não um jogador. Quando David Beckham foi do Manchester United para o Real Madrid, o que o time espanhol pagou pela sua contratação, ele arrecadou com venda de camisas. O detalhe é que esse número foi batido no dia da apresentação do jogador ao time merengue. Apenas um amistoso que um time Chinês fez com o Real Madrid, devido ao jogador inglês, pagou o salário anual do mesmo. Ou seja, Beckham, ao Real Madrid, apesar das cifras milionárias, saiu barato!

Pato tem uma identificação com o São Paulo. Alguns, aqui, podem até questionar, influenciados pela corintianíssima mídia esportiva, que ele preferia o dinheiro da Tia Leila a jogar no São Paulo, que ele se ofereceu ao time verde, bem, ele é profissional e se, por algum momento, sentiu que o São Paulo não chegaria aos valores, fez certo em procurar um time que poderia, mas como eu disse em minhas Redes Sociais, “amor não se compra” e por menos dinheiro, ele veio para o nosso tricolor, time, que desde que saiu, não escondeu o amor, junto as Redes Sociais, amor não demonstrado pelo Internacional, time que o lançou ao mundo do futebol. Faz parte, ele se identificou com a torcida e a recíproca é mais do que verdadeira.

Que ataque!

Jogando o que sabem, e com vontade, o São Paulo terá um dos melhores ataques do país. Na minha cabeça, seria Antony, Pablo e Pato, porém, li recentemente em um grupo de WhatsApp que Cuca poderia ter Antony, Pato e Everton, deixando o esforçado Pablo no banco. Nesse momento, Pablo merece um banco, não porque é ruim, mas pela fase que está, precisa treinar mais, ter mais confiança, pois ele tem muito a agregar ao time. Por hora, essa sim, é uma contratação cara, mas ainda há tempo para ele mostrar em campo, que pode ser um jogado a nos ajudar a conquistar títulos. Infelizmente, a paciência da torcida está mais curta do que saia de periguete, isso devido ao jejum de títulos, mas que em breve, temos a certeza de que acaba. Cuca, Pato, Antony, Luan, Volpi, Arboleda, Everton, Hernanes, olha o esquadrão do São Paulo, não podemos fechar os olhos para que dias melhores já começaram!






Time competitivo

Mancini, a quem devemos agradecer por ter feito um bom trabalho, conseguiu extrair do time o melhor. Primeiro, colocou os paneleiros no lugar deles, Bruno Peres no banco – e já pediu para sair, o que podemos comemorar como reforço – Diego Souza saiu, outro reforço, Nenê no banco caladinho. Reinaldo, é piada, mas não tem outro e Everton está se recuperando de lesão ainda. A panela está calada e quem ganhou com isso foi a base sensacional que temos. Igor, Antony, Luan e Liziero dominaram o time. Arboleda, como sempre, é seguro, Bruno Alves voltando ao seu bom futebol, Volpi mais seguro, Hudson indo bem na lateral, e ainda temos Hernanes para voltar 100% e comandar tudo isso em campo. Até a chegada de Tchê-Tchê mostra que o São Paulo parou de comprar qualquer jogador e quer montar um time forte. Que não me venham mais Kieza, Ytalo, Wellington Nem, Tréllez, Jonatan Goméz… agora o São Paulo parece estar no caminho certo, a começar, que finalmente, temos um técnico de ponta com grandes conquistas recentes. Muricy, óbvio, é a cara do São Paulo, eternamente grato, mas chegou no tricolor para primeiro nos tirar do rumo da série B e depois, seria a reconstrução, infelizmente, a sua saúde não deixou e hoje ele está muito bem como a única luz de conhecimento de futebol diante ao jornalismo esportivo, cada dia mais perto do fim, com André Rizek, Jorge Nicola, Vampeta, Neto, Esporte Interativo, Revista Placar, Cosme Rimoli, Flávio Prado, Mano, Fábio Sormani, Flávio Gomes no comando do barco que está levando o jornalismo para o fim. Ainda bem que temos Milton Neves, Cláudio Zaidan, Muricy Ramalho, PVC, Mauro Betting, Gustavo Villani, remando contra o encerramento dessa profissão.

Recado ao Pato

Nós, torcedores, estamos felizes com a sua decisão. Pouco importa se você vai ganhar 100, 300, 800 mil, ganhe o salário que você merece! Você é um jogador diferenciado, tem tudo para jogar uma Copa do Mundo (pena que o técnico seja o retranca Tite que prefere Gabriel Jejum e Taison) e sentimos o amor que você tem pelo São Paulo. Seu perfil, ajudará a liderar o time ao lado de Hernanes e Cuca. Seu histórico será importante para a “molecada” ver um cara consagrado, milionário, mas que em campo é profissional dedicado, isso motivará a todos. Me lembro do seu ex-companheiro, Kaká, que chegou ao São Paulo, não jogando nem perto do que ele já havia jogado, mas que em campo, sua raça e dedicação motivou a todos, pois o viu correndo, lutando e mostrando o amor que tinha pelo tricolor em campo. Que o seu amor não fique apenas nas redes sociais, que ele seja colocado em campo para o bem de todos nós! Queremos ver você levantando taças pelo São Paulo!


Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Comente com sua conta do Facebook: