#ColunaAT – SPFC: Time inerte, mas invicto

Caros Tricolores, Tri-Campeões Mundiais. O São Paulo perdeu mais dois pontos importantes e, em teoria, fáceis de conquistar. Temos um elenco caro, com bons nomes e um treinador que agrada mais do que desagrada.

Só de somar esses fatores, já podemos dizer que, empatar com o Bahia em pleno Morumbi é sentir um gosto de derrota na boca, ainda mais considerando que Pato e Hernanes eram titulares. Em suma, não tínhamos mais desfalques tão importantes assim (claro, ainda falta o Pablo como homem de referência).

Tive que assistir ao jogo pelo meu celular, mas foi o bastante para ver o quão chato foi esse jogo. Apesar de uma bola na trave e uma chance absurda perdida por Toró, o São Paulo parecia um time inerte, sem brio, sem a cara de um time difícil de ser batido.

Mesmo com essa falta de eficiência, ofensivamente falando, podemos ao menos ostentar o fato de que permanecemos invictos no Brasileirão. Em cinco partidas até agora, foram três vitórias e dois empates, o que é plausível em termos de boa campanha.

Isto faz com que nossa próxima partida, uma das duas mais difíceis pra nós, seja um grande divisor de águas: enfrentaremos o Corinthians na casa deles, onde nunca vencemos. Ah, a outra partida mais difícil? O Palmeiras no Allianz Parque, claro. Nunca ganhamos lá também, e o time deles é muito melhor que o do Corinthians, o que torna tudo mais difícil.

Acredito que, até a Copa América, o São Paulo terá este mesmo comportamento, mais pelo fato de não contratarmos ninguém até lá, mas também por que, evidentemente, o time precisa de descanso.






Por Igor Martinez

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site.

Comente com sua conta do Facebook: