Dois tempos – O São Paulo voltou a agir como grande

Dois tempos é a coluna do Mário Pravato, publicada no Arquibancada Tricolor desde 2017, abordando tudo sobre o Tricolor Paulista.

Primeiro Tempo

As contratações de Hernanes, Tiago Volpi e Pablo demonstram muito bem o que o São Paulo quer para 2019: voltar a ser grande e conquistar títulos.

Não que o São Paulo tenha virado um clube pequeno, porém as atitudes fora de campo nos últimos anos não condiziam com o tamanho do clube, único tricampeão mundial brasileiro.

Vou destacar a contratação de Hernanes, pois foi uma jogada de mestre: 13 milhões de reais por um jogador do gabarito do Profeta, que fará apenas 34 anos neste ano, e que com certeza jogará em alto nível por mais 3 ou 4 anos. Hernanes é um cara muito cabeça, sempre cuidou muito bem de seu corpo e caso não tenha nenhuma séria lesão nos próximos três anos, deverá renovar seu contrato e se bobear jogará até os 40!

Tiago Volpi era outro nome sempre lembrado pela torcida e também conquistou muitos prêmios individuais e um grande prestígio no futebol mexicano e Pablo podemos dizer que foi um dos grandes destaques do futebol brasileiro, no quesito atacantes, neste segundo semestre.

Segundo Tempo

Muita gente me criticou por conta da primeira edição desta coluna, quando escrevi que o São Paulo corria um grande risco de ser humilhado em 2019, caso não tivesse um planejamento de acordo com aquilo que buscava para o ano e também pensando nas fases preliminares da Libertadores.

Não tiro uma vírgula daquilo que escrevi e continuo batendo na mesma tecla: planejamento.

O elenco do Tricolor se apresentará amanhã e na sexta-feira já embarcará para os EUA, onde a pré-temporada seguirá com a disputa da Florida Cup.

Além de tudo, também precisamos contar com a sorte. Sorte que nenhum jogador importante se machuque neste período, onde os corpos voltam das férias muito longe do ideal físico, mas falando em “sorte“, que sorte que Carlinhos Neves está de volta!

Que o misto de planejamento, sorte e muito trabalho nos traga muitas vitórias em 2019!

Prorrogação

Vale a pena citar de forma rápida a saída do zagueiro Rodrigo Caio: mais um grande negócio realizado pelo São Paulo, que estava vendo seu principal ativo perder cada vez mais o valor de mercado. Com certeza o mercado internacional não deve ter demonstrado a certeza pela compra do zagueiro e a melhor coisa foi negociá-lo para o futebol brasileiro, porém mantendo uma boa fatia de seus direitos econômicos.

O zagueiro não é ruim, não é vagabundo e muito menos mau caráter e deverá dar a volta por cima em sua carreira, indo para a Europa em breve e enchendo novamente os novos cofres do Tricolor. Boa sorte Rodrigo!

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Twitter São Paulo FC (@SaoPauloFC)

Comente com sua conta do Facebook: