Dois tempos – O vazamento de informações ainda vai prejudicar o São Paulo

Dois tempos é a coluna semanal do Mário Pravato, publicada todas às quartas. São dois assuntos diferentes e às vezes pode acontecer uma prorrogação e até mesmo uma disputa por pênaltis!

Primeiro Tempo

Nunca antes na história do Tricolor Paulista vimos tantos boatos, especulações e cravadas de novos reforços, alguns já assinados, outros em conversas, mas quase a grande maioria de mentiras para enganar a torcida e trazer engajamento a pequenas páginas e perfis nas redes sociais.

Para quem não vive muito o mundo das redes sociais, existe um perfil no Instagram falando quase que no nome do clube para anunciar um reforço no Natal. O mesmo perfil falou que continuaria “lutando” para anunciar o reforço. Por algum acaso, será que o perfil é do Leco?

O mais engraçado é ver pessoas defendendo tal perfil, que foi criado esses dias, sem qualquer credibilidade.

Infelizmente quase todas as últimas contratações do Tricolor já pintavam na imprensa antes do anúncio oficial. Até onde me lembro, só a contratação de Hernanes em 2017 foi surpresa, pois ninguém esperava e praticamente derrubou a internet naquela manhã de 19 de julho.

O grande ponto agora é: até que ponto esse vazamento de informações pode prejudicar o Tricolor Paulista?

Segundo Tempo

Infelizmente as informações sobre contratações vazam facilmente dentro do Morumbi, principalmente aos conselheiros, que sem papas na língua, saem distribuindo a informação aos quatro ventos!

Querem um exemplo? Rafael Tolói foi anunciado pelo São Paulo em 05 de julho de 2012, porém no dia anterior, a equipe do AT já sabia da informação, repassada por um conselheiro dentro do Morumbi, enquanto que uma matéria era gravada. Qual era a necessidade deste conselheiro saber sobre a contratação?

Na minha humilde opinião, apenas Leco, Raí, Lugano, Jardine e o Jurídico deveriam saber sobre uma nova contratação. Jardine deve ser consultado se o jogador pode ou não ser consultado. Leco, Raí e Lugano devem participar das negociações e o Jurídico deve tratar do trâmite burocrático.

Aliás, um termo de confiabilidade deveria ser assinado por todos estes nomes, não? Até agora nada de errado aconteceu, mas imaginem o dia que o São Paulo estiver apalavrado com um jogador X, destaque na Argentina, porém com o vazamento realizado por alguém de dentro do clube, o nosso co-irmão Palmeiras descarrega um caminhão de dinheiro na negociação e leva o jogador, que se torna um novo Messi e não só traz o bicampeonato da Libertadores para o Allianz, como o tal Mundial, que tanto tiramos sarro?

Para aproveitar o assunto, sugiro que vocês leiam a excelente matéria escrito pelo Ricardo Senna em outubro deste ano, falando sobre as Fake News e os influenciadores. Assunto cada vez mais atual e que infelizmente só tem atrapalhado o clube.

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Comente com sua conta do Facebook: