Elenco temos. E time?

A Coluna do Felipe é publicada às quintas-feiras pelo Felipe Morais e sempre trará detalhes sobre a rica história do Tricolor! Clique aqui e veja todas as edições da coluna.

Amigos tricolores

Há muito tempo o São Paulo não tinha um elenco que era capaz de formar dois times fortes. Às vezes, nem um era formado. Depois de alguns times que tivemos e contratações péssimas, acredito que agora o tricolor tenha time para brigar por títulos. Estou com esperança esse ano, até o momento o São Paulo vem bem, oscilando ainda como por exemplo fazer uma partida fantástica contra o líder Santos e depois uma bem abaixo contra o Ceará, mas o time está evoluindo e chegando perto da ponta da tabela (escrevo esse artigo antes do jogo contra o Athletico-PR).

O São Paulo não fez, contra o Ceará, uma partida exemplar como fez contra o Santos. Pode-se creditar isso ao clima de festa e na falta de entrosamento de Dani Alves e Juanfran, na ausência de Pato e Hernanes, e nas voltas de Antony e Liziero. Tudo isso contribui para um time não render o esperado, mas fizemos os 3 pontos em casa e isso é o que importa, nesse momento. Aos poucos, o time vai ganhando uma forma, “uma cara” e o São Paulo poderá fazer um 2º turno melhor que o primeiro. Vamos torcer pelo título.

Estreias e voltas

Muito complicado falar das estreias de Juanfran que estava há 4 meses sem jogar e de Dani Alves, que teve uma atuação abaixo do que pode, foi coroado com um belo gol, mas em muitos momentos foi até displicente. Juanfran foi discreto, mas uma estatística mostrou que ele acertou 98% dos passes, fica o recado aos jogadores mimimi do Brasil que treinem mais e pensem menos em tatuagens, vídeo games e roupas.

Depois de alguns meses, Liziero voltou! Bem abaixo, com um certo medo e cansou no 2o tempo. Nada fora do normal, torcendo para ele conseguir dar sequência e ter a brilhante carreira que todos esperam pelo seu potencial. Pensar nele como titular da seleção de 2022 não é nenhum absurdo, claro, se o técnico não for o clubista Tite e seus Fernandinhos, Tailsons ou Paulinhos. Antony voltou e ainda precisa amadurecer. Sou fã do garoto, até pelo seu caráter, mas ele está pouco objetivo. Muller, em um dos seus comentários, deu alguns toques para o menino. Ele precisa ouvir a voz de quem em campo foi gênio!

Defesa

Depois de Lucão, Aderlan, Condomínio, finalmente temos zagueiros de confiança! Arboleda, para mim, é o melhor zagueiro em atividade no país, Bruno Alves não fica muito atrás não! Walce e Morato parecem ser promessas a ser olhado de perto. Até Anderson Martins tem correspondido bem, quando entra. Na lateral, temos o melhor do mundo e Juanfran, que tem tudo para ser um lateral que não temos desde que Ilsinho saiu em 2007. O ponto fraco é Reinaldo, mas por mais que eu o critique muito, é preciso admitir que voltou a jogar sério e tem ajudado, mas para quem viu Nelsinho, Serginho e Junior, ver Reinado dói na alma. Léo é piada e Igor Vinícius ainda precisa ser melhor lapidado. Espero ele, se aproveitar para aprender tudo com Dani e Juanfran. No gol, Volpi é unanimidade, deixando Jean como um reserva de luxo e, há ainda, Lucas Perri para ser lapidado.

Meio de campo

No cérebro de qualquer time, o São Paulo está muito bem. Luan é um volante marcador que protege a defesa, assim como Hudson que não é craque, mas tem muita raça em campo e isso, às vezes, conta. Tchê-Tchê me surpreendeu como primeiro volante nos jogos em que atuou por ali. William Faria foi piada de mal gosto e pelo o que tenho lido está negociando sua saída. 

Para 2º volante, Liziero, Tchê-Tchê e Hernanes podem exercer bem o papel. Para a meia, Hernanes, Dani Alves, Vitor Bueno e Igor Gomes tem chances. Eu, sinceramente, ainda acho que Daniel Alves precisa ir para a lateral e Igor Gomes ficar como meia, tento Tchê-Tchê ou Luan como proteção e Hernanes na sua, onde ele rende melhor. Opinião minha. Há ainda o Gabriel Sara para entrar em breve nessa briga.

Ataque

Temos talento por aqui. Pato e Pablo são titulares absolutos. Toró é um jovem com muito potencial. Antony é uma realidade que precisa ser mais objetivo, lhe falta isso. Calazans é piada, como foi Gonzalo Carneiro e Everton é muito inútil. O Everton Felipe então, melhor nem comentar. Daniel Alves pode atuar por ali, como um ponta direita, com Juanfran na lateral, com isso, Antony perderia o espaço, mas como disse, há tempos o São Paulo não tem um elenco para 2 times. Rojas, só em 2020. Helinho precisa se esforçar mais, tem talento, mas parece que o sucesso subiu a cabeça. Precisa ser mais objetivo, ser mais decisivo. Raniel, é um bom reserva, brigador, mas se depender dele, Pablo tem o seu lugar garantido no time.







Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rummens

Comente com sua conta do Facebook: