Luciano - São Paulo
Foto: Miguel Schincariol / São Paulo FC

Vindo do Flamengo para o São Paulo em abril de 2018, Everton chegou e teve bom desempenho no Tricolor Paulista, tornando-se muito importante principalmente na campanha da equipe no Campeonato Brasileiro daquele ano. No entanto, a sequência de lesões acabou atrapalhando seu desempenho em campo.

Com o tempo, ele, que era titular absoluto virou reserva e pouco atuava. Em 2019, participou de 31 jogos e marcou dois gols, já em 2020 esteve em campo em oito ocasiões e marcou apenas um gol com a camisa do Tricolor Paulista.

Então, no dia 18 de agosto foi efetivada a troca entre São Paulo e Grêmio de Everton por Luciano. O jogador que vinha do time gaúcho era reserva de Diego Souza, companheiro de Everton no São Paulo em 2018.

Quando chegou no clube paulista disse: “Joguei em muitos clubes, mas o São Paulo é o maior. Estou muito feliz de poder vestir essa camisa do São Paulo, vou dar a vida em campo pelas vitórias do Tricolor. Eu sempre quero estar ganhando, podem contar comigo para o que der e vier”.

Luciano foi apresentado no dia 19 de agosto e fez a sua estreia entrando na partida contra o Bahia no Morumbi no dia 20 de agosto em partida válida pelo Brasileirão. Na ocasião, o São Paulo estava perdendo por 1×0, até que aos 40 minutos de jogo foi cobrado escanteio, Carneiro chegou a relar na bola e no segundo pau estava Luciano para fazer o gol do Tricolor Paulista de cabeça.

Uma grande estreia!

Além do gol, demonstrou personalidade ao comemorar fazendo alusão aos gestos feitos por Rossi quando marcou o gol do Bahia. A atitude agradou a torcida.

Depois desse, o camisa 11 marcou mais 13 gols, 11 deles no Campeonato Brasileiro, tornando-se o artilheiro da equipe na competição, e isso em pouco de mais de três meses desde que chegou no clube e já é um dos mais importantes jogadores do elenco.

Essa lista de gols, aliás, era para ser maior se o gol legal de Luciano não tivesse sido erroneamente anulado na partida contra o Atlético Mineiro.

Enfim, a efetividade em campo chama a atenção, mas o bom negócio do São Paulo se entende também na parte contratual, já que com a troca não houve nenhum gasto, e o Tricolor Paulista ficou com um jogador mais jovem, já que Luciano tem 27 anos e Everton 31.

O atacante também chegou com um contrato maior que vai até dezembro de 2022 e com custo menor, já que o gasto com ele é três vezes menor do que era com o Everton.

Então, sim, é preciso elogiar o bom negócio feito pela diretoria do São Paulo e pela excelente indicação do técnico Fernando Diniz, que havia trabalhado com o atacante no Fluminense.

A nossa torcida é para que ele continue a marcar muitos gols e colabore na conquista de títulos para o São Paulo!

Reveja os melhores momentos de Bahia 1×3 São Paulo, quando Luciano marcou dois gols:

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Miguel Schincariol / São Paulo FC