São Paulo x Grêmio pela Copa do Brasil
Foto: Rummens

Dois tempos é a coluna do Mário Pravato, publicada no Arquibancada Tricolor desde 2017, abordando tudo sobre o Tricolor Paulista.

Assim como aconteceu contra o Mirassol pelo Campeonato Paulista, na fase de grupos da Libertadores e contra o Lanús pela Copa Sul-Americana, o São Paulo está novamente eliminado de uma competição no ano de 2020, desta vez da tão sonhada Copa do Brasil!

Mais uma vez ficamos por um gol, desta vez de pelo menos sonhar com os pênaltis. Culpados? Vilões? Vamos com calma!

São Paulo pouco inspirado

Em mais de 180 minutos contra o Grêmio, o São Paulo somente teve duas chances claras de gol, aquelas do primeiro jogo. No jogo da volta no Morumbi, em nenhum momento o gol do goleiro Vanderlei foi ameaçado!

Além do São Paulo sentir a falta de Luciano, que no sul não jogou 100% e que não atuou no Morumbi, o Grêmio simplesmente não nos deixou jogar!

Sem desmerecer o trabalho de Fernando Diniz, mas Renato Gaúcho aplicou dois nós táticos! Entregou a bola para o São Paulo e com muita marcação não deixou que o futebol do Brasileirão fosse repetido na Copa do Brasil!

Elenco raso

É nessas horas que vemos como o elenco do São Paulo é raso. Não dá para depender de Paulinho Bóia e Tréllez! Ambos mal jogam pelo Brasileirão, mas entraram como “salvação” dos últimos 15 minutos.

São Paulo x Grêmio pela Copa do Brasil
Foto: Rummens

Bóia sequer conseguia jogar a bola na área! Onde estava o Carneiro para entrar em uma hora dessas? O uruguaio pelo menos tem 1,94m, mas sequer tem ficado no banco de reservas. Não que fosse resolver qualquer coisa, mas se era para cruzar a bola na área, que fosse para um “poste”…

Tchê Tchê também foi muito mal e sequer foi aquele elemento surpresa como no jogo contra o Atlético-MG, quando o Tricolor teve uma excelente atuação.

Foco no Brasileirão

Não caímos para o Mirassol ou Lanús, mas sim para o Grêmio, que mesmo cambaleando nos dois últimos anos, é um time tão copeiro quanto o nosso (faz tempo que não somos né…), ou seja, sem terra arrasada agora.

O São Paulo de Fernando Diniz é o líder disparado do Brasileirão com sete pontos de vantagem e agora o foco tem que ser total para a conquista do sétimo título nacional.

Contra o Red Bull Bragantino no dia 06 de janeiro, o time precisa esquecer essa eliminação e focar simplesmente nos 3 pontos!

Foco em vencer e que os jogadores sigam se cuidando, pois estamos dando show no Covid-19 até agora!

Força São Paulo, vamos em busca do Hepta!


Mário Pravato Junior

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site