Marcos Guilherme

Afinal de contas, qual é o critério para se contratar jogadores no São Paulo? Contratamos bem, num modo geral, até o presente momento? Gastamos R$6 milhões em um centroavante que até demonstra raça e vontade, mas peca no quesito técnico e acaba não vindo para resolver absolutamente nada. Gastamos meros R$10 milhões em Diego Souza, até então centroavante por conta do Tite, na Seleção Brasileira. Resultado? Ninguém sabe em que posição ele vai ser cravado e já está até sendo especulado em outros clubes em pleno mês de Abril, três meses após sua chegada. Outros R$6 milhões foram gastos com o goleiro Jean (podendo chegar a R$10 milhões em caso de certas metas serem cumpridas, algo parecido com o caso David Neres, mas a favor do Bahia), na minha opinião, uma das melhores contratações PAGAS até o momento pois, não é porque ele ainda nem joga, que foi dinheiro mal gasto. Sempre foi clara a intenção de utilizá-lo no futuro. Algumas “migalhas” foram gastas em outros jogadores, tais como Jucilei e Edimar, além das luvas de Anderson Martins e Nenê e o empréstimo caro de Valdivia.

Enfim, gastamos muito dinheiro com alguns jogadores (salvam-se Jean, Jucilei, A. Martins, Nenê e Valdivia, ou seja, os que vieram por pouco dinheiro) e que não ajudam em quase nada, enquanto temos um garoto que provou ser são-paulino desde que chegou ao Morumbi e que, apesar de certo déficit técnico, sempre joga com garra sendo, inclusive, recordista de partidas em sequência, perdendo apenas para um tal de Rogério Ceni, conhece?

Pois bem, Marcos Guilherme está aí, dando sopa por cerca de R$12 milhões aproximados. Sim, é um valor mediano, considerando o mercado brasileiro, mas estamos falando de um garoto que quer ficar aqui, que é rápido e oferece opções táticas se bem trabalhadas. Por que não investir? É apenas por 50% dele? Sim, e daí? Até quando vamos nos preocupar apenas em comprar pra depois vender? E o tempo entre uma coisa e outra, ou seja, o futebol?

Asseguro com toda a minha certeza, se você monta um time com alguns jogadores de 50% dos direitos econômicos mas é campeão com este time, a valorização destes jogadores, em uma possível venda, será maior do que se você tivesse 100% de todos os jogadores em um time que não ganha nada.

Lembrando que, Marcos Guilherme, até este momento, não deverá mais vestir a camisa do São Paulo, conforme noticiamos aqui.

Então, eu te pergunto, São Paulo Futebol Clube: Por que não pagar por Marcos Guilherme?

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Por Igor Martinez

Post anteriorResumo do Balanço Financeiro de 2017
Próximo PostNova chance para Diego Souza
Igor Martinez, 29 anos, gestor em RH, professor de Educação Física e nas horas vagas, piloto de automobilismo virtual e guitarrista. Me juntei ao AT no começo de 2018 e sempre procuro honrar a oportunidade que tive.