Precisamos falar sobre Sidão

Vamos falar sobre Sidão.
E não é com desrespeito, mas sim como sempre fazemos aqui no AT, analisando suas características e desempenho técnico.

Eu diria que 90% da torcida do São Paulo entende que Sidão não é goleiro com envergadura para atuar no clube.
Times que brigam por títulos precisam começar com um grande goleiro e na minha visão, não temos essa figura hoje no elenco.
Sidão faz boas defesas em algumas partidas, já salvou o São Paulo (no jogo contra o Ceará, por exemplo), mas hoje tem mais rejeição com a torcida, do que Rodrigo Caio.






Sidão tem boa reposição de bola? Sim.
Porém, falha em lances capitais, insiste em jogar com os pés e nos dá sustos contínuos, hesita ao sair do gol para cortar cruzamentos, espalma bolas para o meio da área, se mostra inseguro quando bolas são recuadas e instiga os adversários a arriscarem mais.

Quando chegou, indicado por Rogério Ceni, teve grande respaldo da torcida que já não aguentava mais ver Denis falhando na meta, e logo em sua primeira competição, venceu disputas de pênaltis contra River Plate e Corinthians na Florida Cup.

O tempo nos mostrou que nosso calvário pós-Ceni continuaria por mais algum tempo, já que o atual titular, começou a falhar nos primeiros desafios.
Hoje em dia, vejo até que Sidão tem o mesmo nível de Denis, porém, conta com mais sorte de ter uma defesa mais forte e sólida para o proteger, mas ainda assim, falha constantemente.

A partida diante do Atlético-MG nesta quarta-feira, parece ter sido a gota d’água para muitos torcedores, que criticaram muito o goleiro, por não ter cortado o cruzamento, que originou o gol de nossa derrota. Ironicamente, em uma das melhores partidas do São Paulo no campeonato:

Quais opções?

A principal opção no elenco para seu lugar, é o jovem goleiro Jean, contratado junto ao Bahia, mas que ainda não se mostra pronto. Em algumas partidas que realizou, não passou confiança e Aguirre chegou a escalá-lo como titular nas partidas da Copa Sul-Americana.

Com a eliminação prematura do São Paulo, Jean não teve oportunidades para mais atuações e ganhar ritmo de jogo, voltando a ocupar a reserva imediata de Sidão.

Lucas Perri, multicampeão das categorias de base, é o nosso terceiro goleiro, mas ainda não chegou a fazer sua estreia pelo time principal. Carrega grande expectativa por parte da torcida, mas não deve ser utilizado neste ano.

A opção de contratação de um novo goleiro para este ano, é descartada pela diretoria e comissão técnica, mas há rumores que o São Paulo já busca um goleiro para 2019, até mesmo pela idade de Sidão, e porque seu contrato termina em dezembro do ano que vem (o vínculo atual foi renovado em março de 2018).

Em alguns canais de mídia, já foram citados nomes como Diego Cavalieri (hoje com 35 anos e sem clube), Rafael Cabral (28 anos, mas recém contratado pela Sampdoria) e no passado, Jefferson (hoje com 35 anos, no Botafogo, mas já declarou que encerrará a carreira), mas o fato é que a diretoria declara confiança em Sidão.

O que se pode ver nas mídias sociais, é uma revolta grande com relação às performances do camisa 12 e uma grande maioria que defende sua saída do time titular, abrindo oportunidades até mesmo para Lucas Perri.

Sidão vem sendo alvo de críticas, e memes do torcedor são-paulino e inclusive há um vídeo no YouTube com uma coletânea (exagerada e até forçando ou induzindo opiniões) de falhas do goleiro apenas no Brasileirão. Veja:

Como já comentei outras vezes em vídeos ou no Twitter, torço muito para que Sidão feche o gol, cale os críticos e ajude o São Paulo a conquistar o Heptacampeonato Brasileiro, mas eu entendo que sua constante insegurança ainda vai prejudicar mais o Tricolor no decorrer da disputa.

Resta esperar para que nos próximos jogos, o goleiro tenha boas atuações e ganhe confiança, pois ao que tudo indica, não deve sair do time.

 

Foto: Rummens

Comente com sua conta do Facebook:

Confira outras notícias no Arquibancada Tricolor