Qual será a desculpa de quarta-feira?

Dois tempos é a coluna semanal do Mário Pravato, publicada normalmente às quartas. São dois assuntos diferentes e às vezes pode acontecer uma prorrogação e até mesmo uma disputa por pênaltis! Clique aqui e veja todas as edições da coluna.

E lá se vai o nosso querido e amado São Paulo Futebol Clube rumo a mais uma temporada de ilusões e decepções…

Não dava pra esperar muito da temporada, que já começou errada, com a manutenção de Fernando Diniz como técnico, porém aquela pontinha de ilusão sempre permanece em nossos corações.

Nesta quarta-feira, o Tricolor tem um jogo decisivo pela Libertadores. Jogando em casa, às 21h30, o São Paulo recebe a LDU, líder do grupo. Qual é o seu palpite, torcedor? É difícil conseguir ver uma vitória!

Qual será a desculpa?

Qual será a desculpa desta quarta, caso o resultado positivo não venha? Não será a altitude, já que o jogo é no Morumbi. Não poderá ser o cansaço, já que somente Volpi atuou na derrota deste domingo pelo Paulista. Gramado pesado? Até agora a previsão é de sol e tempo seco para os próximos dias em São Paulo. Retranca equatoriana? Essa talvez seja a opção de Fernando Diniz e elenco. Que a torcida apoie até o último minuto, pois isso também pode servir de pretexto…

Com certeza os equatorianos virão ao Morumbi para se defender. Quem se lembra do inesquecível jogo do “Luis deixou um”, em 2004 pela Libertadores? Foi um jogo duro, pegado, com cara de Libertadores, mas que por sorte tínhamos um verdadeiro camisa 9 e que decidiu ao nosso favor. Relembre abaixo:

Não tem desculpa

Não existe desculpa para quarta-feira, é ganhar, ou ganhar. Pelas minhas contas, o São Paulo não passa dos 7 pontos nesse grupo e com essa pontuação, é impossível se classificar. Não sou pessimista, mas sim apenas realista, com tudo aquilo que o São Paulo vem produzindo nos últimos 3 anos.

Que o ataque consiga acertar o gol e principalmente, que seja bem acertado, pois vão perder gol assim, lá longe!






Falta de ambição

Qual é o problema dessa molecada da base? Mais uma chance de ouro pra molecada e ninguém aproveita. Deveriam ter aproveitado esse jogo contra o Botafogo para fazerem o jogo de suas vidas, mas pelo visto, a base se contamina pela falta de vontade do profissional…

É muito fácil ser jogador de futebol, você faz uns dois ou três jogos mais ou menos, assina com um empresário de nome e pronto, está com a sua vida ganha para o resto da vida. Mas tem quem ainda ache que eles são coitadinhos…


Mário Pravato Junior

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Comente com sua conta do Facebook: