Se eu pudesse voltar no tempo…

Se eu pudesse voltar no tempo, eu:

  • não mudaria o resultado da final da Libertadores de 1974, para que o Tricolor se tornasse um clube continental quase 20 anos antes;
  • não anteciparia a chegada do mestre Telê, para quem sabe ganhar os Brasileiros de 89 e 90;
  • não daria aquele pênalti escandaloso do zagueiro Trotta na final da Libertadores de 94, garantindo o Tri 11 anos antes;
  • não trocaria aquela Libertadores de 2006 pelo Tri-Hexa;
  • não deixaria que algumas figuras transformassem o clube de vanguarda, em mais um time comum…

Tudo isso que passou faz parte do futebol e a nossa história foi construída em cima destes fatos, felizes ou não.

Se eu realmente pudesse voltar no tempo, eu iria até este jogo aqui:

No dia 12/12/12 (que data hein?), data que muitos apontavam como o “fim do mundo“, na verdade parece que foi o fim do Tricolor Paulista.

Nada mais deu certo desde aquela conquista. No máximo um vice brasileiro ali (2014) e uma semifinal de Libertadores aqui (2016), de resto vivemos enclausurados no Dia da Marmota, como foi muito bem colocado pelo meu colega Ricardo Senna há mais de 1 ano neste site.

Se eu pudesse voltar no tempo, eu voltaria até 12/12/12 e faria o Tigre jogar aquele segundo tempo. Não perderíamos aquele título de forma alguma e acredito que o placar final seria um 4 ou 5 a zero fácil para o nosso Tricolor.

Como não é possível voltar no tempo, ainda sofreremos os efeitos daquele maldito dia e que deverá durar pelo menos até 2020, quando uma certa pessoa deixará seu cargo…

A outra forma de resolver este problema seria demolir o Morumbi para começarmos uma nova história, mas nem isso mais é possível

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site






Comente com sua conta do Facebook: