#TBTricolor – Nosso último Paulistão

A coluna #TBTricolor escrita pelo Jean Cláudio será publicada sempre às quintas-feiras com o foco na história do Tricolor!

Salve nação Tricolor!

Depois de amanhã, 19 de janeiro, começa mais uma edição do Campeonato Paulista, a 118ª edição do nosso campeonato estadual, o mais disputado e equilibrado do país.

Mas já faz um bom tempo que não levantamos esse caneco. Que tal relembrar essa conquista que foi a largada para anos tão gloriosos da nossa história?

O ano foi 2005. Há 14 anos o São Paulo levantava sua 21ª taça de Campeão Paulista. Aquela edição contou com 20 times jogando em turno único, com pontos corridos.

Nosso treinador era Emerson Leão, que assumira o comando ainda na 29ª rodada do Brasileirão do ano anterior, após a saída de Cuca. 






Para a temporada de 2005 o São Paulo contaria pela primeira vez com uma das melhores duplas de volantes da nossa história: Mineiro, que chegava após vencer o Campeonato Paulista com o São Caetano (de Muricy Ramalho) em 2004, e Josué, recém-contratado a pedido de Leão que o comandou no Goiás também em 2004.

A estreia foi contra o Ituano no Morumbi e ganhamos de 4×2 com gols de Diego Tardelli, Lugano, Rodrigo e Grafite. Depois, três vitórias e um empate contra times do interior para chegar ao jogo mais marcante do campeonato.

São Caetano 3×4 São Paulo

O adversário era o algoz da edição passada, o São Caetano comandado por outro ídolo, o ex goleiro Zetti.

Para se ter uma ideia do tamanho da façanha, aos 39 do segundo tempo o placar marcava 3×1 para o Azulão – que jogava com dois jogadores a menos, se fechava como podia na defesa e contava com uma excelente atuação do goleiro Silvio Luiz. Porém com 3 gols em 7 minutos (Marco Antônio aos 40, Grafite aos 43 e Josué aos 47) o Tricolor conseguia uma virada incrível, a qual nem o mais otimista torcedor acreditava ser possível.

Após o São Caetano, veio uma sequência de 8 vitórias, 2 empates e apenas duas derrotas, sendo uma para a Ponte Preta quando já havíamos sido campeões.

Jogo do título

O jogo do título foi curioso. Faltando três rodadas para o fim do campeonato, um empate nos daria o título antecipado. O adversário era o Santos e o jogo seria na Vila Belmiro, mas para não correr o risco de ver um rival levantar a taça em seu estádio, a diretoria santista transferiu o mando do jogo para Mogi Mirim. Sem problemas, após empate sem gols, o São Paulo sagrava-se campeão Paulista de 2005.

Outros jogos marcantes:

São Paulo 6×0 Marília – Gols de Júnior, Danilo (2), Marco Antônio, Gafite e Rogério Ceni.

São Paulo 3×0 Palmeiras – Gols de Diego Tardelli, Rogério Ceni e Luizão.

Depois do Campeonato Paulista o São Paulo ainda ganharia na mesma temporada a Libertadores, o Mundial e nos anos seguintes, três campeonatos Brasileiros, mas esses ainda serão temas de outros textos aqui no #TBTricolor.

Um abraço e até semana que vem!

Jean Cláudio

Jean Cláudio. São-paulino jornalista. E não o contrário, pois antes de escolher a profissão, escolhi torcer pelo São Paulo. Apaixonado por história e por leitura, amo conhecer mais sobre as memórias do futebol e principalmente, do Tricolor Paulista.

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!