#ColunaAT – Toco Tricolor – Estreia Vitoriosa

Toco Tricolor é a coluna dedicada ao basquete do São Paulo FC, que voltou depois de muitos anos de inatividade e é escrita pelo Arthur Moriconi.

Voltei para mais um texto na coluna “Toco Tricolor”. Fiquei muito lisonjeado com os comentários positivos do primeiro texto, isso só cresce minha vontade de produzir mais conteúdo para a coluna.

Neste sábado (16), o Tricolor estreou na Liga Ouro com uma vitória maiúscula em cima dos donos da casa, que tinham ganhado o primeiro jogo de 75 a 70 do Renata/Rio Claro.






No texto de hoje, vou falar sobre a preparação relâmpago do Tricolor para a Liga Ouro. Farei uma análise do nosso jogo de estreia contra o Basquete Unifacisa- PB.

A Preparação

O SPFC foi o último time a ter a confirmado a participação na Liga Ouro. As outras sete equipes já tinham um departamento profissional de basquete, já estando com sua estratégia montada para o campeonato, enquanto que o Tricolor estava ainda definindo sua diretoria e comissão técnica.

Mas com todas as dificuldades (a principal delas, o tempo), o SPFC conseguiu montar um time competitivo que tem totais condições de disputar o título já no primeiro ano de Liga Ouro.

A diretoria e a comissão técnica, que tanto elogiei no primeiro texto, não decepcionaram, mesmo com vários atletas do “primeiro escalão” já escolhidos, as escolhas dos atletas foram muito bem feitas, misturando atletas jovens (exemplo: Igor, 19 anos; Lucas Brito, 21 anos e João Vitor, 20 anos) e atletas com muita experiência (exemplo: Ted, 38 anos; Sidão, 35 anos e Drudi, 37 anos). Ainda há duas vagas no time, que provavelmente será dada para dois jogadores estrangeiros que já atuam no basquete brasileiro, nesse sentido, a comissão e diretoria estão esperando os playoffs da NBB começarem, para analisarem os jogadores dos times que não vão para a próxima fase da liga.

Com a preparação tardia para a competição, as duas variáveis que pesarão nos primeiros jogos (que já foram visíveis no primeiro jogo) serão o entrosamento e o condicionamento físico. Por isso a estratégia de jogo da comissão vai pesar bastante para que o Tricolor tenha sucesso nos jogos.

A Estreia

O SPFC foi até Campina Grande- PB para fazer sua estreia na Liga Ouro contra o Basquete Unifacisa, um dos times favoritos ao título dessa temporada, com três jogadores estrangeiros. Destaque para amador norte-americano Nate Barnes, que no jogo de estreia do Unifacisa contra a equipe do Renata/Rio Claro, anotou 18pts na partida.

O Unifacisa mostrou um time muito organizado dentro e fora de quadra, com transmissão ao vivo pelo Facebook feito pela emissora local, essa excelente organização foi correspondida pela torcida que lotou a Arena Unifacisa.

Só esqueceram de avisar o Tricolor, que não se sentiu pressionado e liderou o jogo do começou ao fim. Com as parciais dos quartos de: 17 vs 21; 23 vs 21; 17 vs 24 e 12 vs 11.

Com estilo de jogo diferente do que está sendo apresentado no mundo do basquete, que é uma movimentação bem dinâmica, chutes de média e longa distância, o SPFC com um time pouco entrosado e com preparo físico comprometido. A comissão técnica usou de uma movimentação mais lenta, com mais posse de bola e usou e abusou dos excelentes pivôs, por isso que o destaque do Tricolor foi o jovem pivô João Vitor de 2,13 de altura, marcando seu primeiro duplo-duplo na carreira, de 18pts e 12rt.

Esse estilo de jogo mais lento e mais pegado do Tricolor fez com que o time paraibano ficasse nervoso e fizesse jogadas precipitadas, facilitando as roubadas de bola do time paulista.

Outro destaque pelo nosso tricolor, foi o amador Thiaguinho com 12pts e 4as, que com maestria, fez a função de acalmar a partida e esperar a hora certa de fazer as jogadas.

Não poderia deixar de falar da brilhante partida que fez o técnico Cláudio Mortari, além da eficiente estratégia escolhida para o jogo, o técnico esbravejou e gesticulou o jogo inteiro, foi um show aparte. Mostrou que se depender da comissão técnica, o time tricolor será vibrante até o último segundo da partida.

Ainda é muito cedo para começarmos a fazer projeções, pois, o nível técnico e físico dessa competição é muito alto. Uso como exemplo a próxima partida que será com invicto time do Cerrado- DF, hoje às 20h.


Confira o Calendário de Jogos do Tricolor na Liga Ouro!


Sou adepto da frase do nosso pivô João Vitor, dito nas suas redes sociais após a estreia do tricolor: “um degrau de cada vez”.

O que resta para nós é torcer que esses próximos degraus sejam de experiência e de vitória!!!


Arthur Moriconi, estudante de economia, apaixonado por basquete e pelo São Paulo F. C. Virei torcedor do Tricolor para fugir das pressões familiares: meu avô era corintiano e meu tio-avô palmeirense. Escolhi o lado certo!

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: LNB

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!