#ColunaAT – Toco Tricolor – Vitória conquistada na raça

Toco Tricolor é a coluna dedicada ao basquete do São Paulo FC, que voltou depois de muitos anos de inatividade e é escrita pelo Arthur Moriconi.

Em seu segundo jogo na competição, o time tricolor mostrou que não faltará raça e determinação nesta Liga Ouro. Mesmo com um jogo duríssimo contra o Unifacisa- PB na terça-feira (15), o SPFC foi até Brasília jogar contra o Cerrado Basquete e assegurou uma vitória em um jogo que ficou marcado pelo duelo tático entre o técnico Cláudio Mortari e o técnico Ronaldo Pacheco.

Já na sua segunda rodada, a Liga Ouro mostrou que vem para ser a edição mais competitiva da sua história. Um excelente exemplo foi o jogo de ontem (19) entre SPFC vs Cerrado Basquete.






O JOGO

O jogo começou com os dois times opostos taticamente. O Cerrado com uma movimentação rápida, vários chutes de três pontos e uma marcação individual, já o time tricolor repetiu a estratégia do jogo de sábado, com o amador Thiaguinho cadenciando as jogadas, uma marcação forte no garrafão e no ataque tentando explorar ao máximo os pivôs que tinham uma estatura maior que a dos adversários.

Nos dois primeiros quartos, a estratégia tricolor ganhara ampla vantagem contra o time do Cerrado, que começou a chutar arremessos de três pontos exageradamente, facilitando o trabalho da defesa tricolor que estava toda postada e atacava nos erros da equipe de Brasília.

Nos dois últimos quartos, o técnico Ronaldo Pacheco mudou a estratégia de Brasília, colando uma marcação por zona que fortaleceu o garrafão, fragilizado nos dois primeiros quartos de partida e diminui os chutes de longa distância, optando pelas infiltrações.

Essa mudança tática do time de Brasília e o esgotamento físico do time do SPFC fez com que o jogo ficasse empatado no terceiro quarto (55 x 55). No último quarto, o Tricolor conseguiu se recuperar, voltou a dominar o garrafão e a ditar o ritmo do jogo, mas, mesmo assim, o Cerrado voltou a crescer no último minuto e quase leva o jogo para a prorrogação no finalzinho!

DESTAQUES TRICOLORES

Como diz o Coach Rodrigo Galego, que estava comentando o jogo pelo Facebook do Cerrado Basquete, “a Liga Ouro é uma competição que dá oportunidade para jovens que querem se afirmar nos times profissionais e para veteranos que querem continuar atuando”. Esses, são o caso do jovem João Vitor de 20 anos e do veterano Ted de 38 anos. Esses dois atletas foram importantíssimos para a segunda vitória do Tricolor. João Vitor novamente foi um monstro dentro do garrafão, com 23pts e 14reb, com um aproveitamento de 60,5%. Já o experiente Ted foi essencial na reta final, matando bolas que garantiram a vitória, além de mostrar um condicionamento físico invejável.

É TERÇA-FEIRA!!!

Outro destaque vai para a garra e vontade de vencer desse elenco, com uma preparação mais curta que os outros sete times que disputam essa competição e o desgaste dessas duas partidas fora de casa, mostrou que esse elenco é de fibra e quer levar o time profissional de basquete do SPFC ao NBB na próxima temporada.

Como retribuir tanta garra e determinação? Comparecendo na estreia do Tricolor dentro de casa na próxima terça-feira (26). Vamos lotar o ginásio do Morumbi em agradecimento aos jogadores, por honrar nosso escudo e nossas cores. Vamos empurrar nosso time a mais uma vitória com o duríssimo Campo Mourão Basquete-PR. Conforme o pessoal que administra o basquete Tricolor, este jogo terá entrada franca!

Arthur Moriconi, estudante de economia, apaixonado por basquete e pelo São Paulo F. C. Virei torcedor do Tricolor para fugir das pressões familiares: meu avô era corintiano e meu tio-avô palmeirense. Escolhi o lado certo!

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Divulgação / saopaulofc.net

Recomendamos também:

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!