Hugo comemora em 2008
Foto: GloboEsporte.com

Em jogo válido pela trigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, o São Paulo visitou o Vasco no estádio de São Januário, em busca de aproximar-se do título nacional. Os cariocas estavam desesperados para fugir do rebaixamento e com isso contavam com o apoio da torcida vascaína.

O jogo

O técnico Muricy Ramalho implementou o esquema padrão (3-5-2). Com uma alteração na linha de zaga: o zagueiro Anderson entrou no lugar de Rodrigo e ficou ao lado de André Dias e Miranda. Ao todo, manteve os mesmos titulares. Nas alas, Joílson (direita) e Jorge Wagner (esquerda), como volantes, Jean e Hernanes eram responsáveis pelo setor de meio campo, junto com Hugo para minuciar Dagoberto e Borges no ataque.

Tricolor eficiente e Vasco partindo ao ataque

Durante todo o primeiro tempo, os donos da casa, com o apoio de sua torcida, foram para cima e exploravam a velocidade do trio de ataque formada por Madson, Alex Teixeira e Leandro Amaral.

O São Paulo ficava atrás, e chegava aos poucos com toda a eficiência que marcou em todo o torneio.

Aos 21’, em falta sofrida por Hernanes na intermediária da área, o ala Jorge Wagner cobrou com categoria e a bola foi no ângulo esquerdo do goleiro Rafael. Um belo gol abrindo o marcador!!

Os cariocas precisando do resultado, pressionaram a meta de Rogério Ceni. Aos 30’,  Madson recebeu a bola pelo meio e com liberdade finalizou, a bola desviou em Miranda e encobriu o arqueiro são-paulino. Igualando o jogo para o delírio dos torcedores!!

Etapa final com a bola parada do São Paulo decisiva

No segundo tempo, o termo eficiência nas finalizações do São Paulo, foi nítido. Logo aos 4’, em escanteio cobrado por Jorge Wagner pela esquerda. A bola sobrou para Hugo, que livre na entrada da área, dominou com o peito e arrematou de perna esquerda para deixar os tricolores novamente à frente.

Ao decorrer do duelo, o Vasco seguiu pressionando, mas, desperdiçou grandes chances com Wagner Diniz, Alex Teixeira e Edmundo, inclusive, o ídolo cruzmaltino, perdeu uma oportunidade incrível na frente de Ceni.

O São Paulo se defendia bem e contra golpeava quando tinha espaço, mas segurou até o final da partida. Placar final, o São Paulo venceu o Vasco por 2 a 1.

Com este êxito, o São Paulo dispara na liderança do Campeonato Brasileiro, com 71 pontos. Abre vantagem de cinco pontos para o segundo colocado, Grêmio,  que está com 66. 

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2008

Vasco 1 x 2 São Paulo – 36ª rodada

Vasco
Rafael, Odvan, Eduardo Luiz, Jorge Luís, Wagner Diniz, Edu Pina (Edmundo), Mateus (Alan Kardec), Jonílson, Madson, Leandro Amaral, Alex Teixeira (Pedrinho).
Técnico: Renato Gaúcho

São Paulo
Rogério Ceni, André Dias, Anderson, Miranda, Joílson (Jancarlos), Jean, Hernanes, Jorge Wagner, Hugo (Richarlyson), Dagoberto (Eder Luís) e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro- RJ
Data: 23/11/2008
Horário: 17:00
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e
Milton Otaviano dos Santos (RN)
Cartões Amarelos: Edmundo (VAS), Jorge Luiz (VAS), Jean (SPO) e Madson (VAS).
Gols: 1ª Tempo: 21′ – Jorge Wagner (SPO) e 30′ – Madson (VAS)/ 2ª Tempo: 4′ – Hugo. (SPO)

Melhores Momentos

(Caso não consiga visualizar o vídeo, clique aqui)

Confira os jogos anteriores

1ª Rodada – São Paulo 0 x 1 Grêmio
2ª Rodada – Athletico 1 x 1 São Paulo
3ª Rodada – São Paulo 1 x 1 Coritiba
4ª Rodada – Santos 0 x 0 São Paulo
5ª Rodada – São Paulo 5 x 1 Atlético/MG
6ª Rodada – Flamengo 2 x 4 São Paulo
7ª Rodada – São Paulo 1 x 0 Sport
8ª Rodada – Cruzeiro 1 x 1 São Paulo
9ª Rodada – São Paulo 1 x 1 Ipatinga
10ª Rodada – Náutico 2 x 1 São Paulo
11ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Palmeiras
12ª Rodada – Vitória 1 x 3 São Paulo
13ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Botafogo
14ª Rodada – Internacional 2 x 0 São Paulo
15ª Rodada – São Paulo 3 x 1 Portuguesa
16ª Rodada – Figueirense 1 x 1 São Paulo
17ª Rodada – São Paulo 4 x 0 Vasco
18ª Rodada – Fluminense 3 x 1 São Paulo
19ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Goiás
20ª Rodada – Grêmio 1 x 0 São Paulo
21ª Rodada – São Paulo 3 x 1 Athletico-PR
22ª Rodada – Coritiba 2 x 2 São Paulo
23ª Rodada – São Paulo 0 x 0 Santos
24ª Rodada – Atlético-MG 1 x 1 São Paulo
25ª Rodada – São Paulo 2 x 0 Flamengo
26ª Rodada – Sport 0 x 0 São Paulo
27ª Rodada – São Paulo 2 x 0 Cruzeiro
28ª Rodada – Ipatinga 1 x 3 São Paulo
29ª Rodada – São Paulo 1 x 0 Náuico
30ª Rodada – Palmeiras 2 x 2 São Paulo
31ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Vitória
32ª Rodada – Botafogo 1 x 2 São Paulo
33ª Rodada – São Paulo 3 x 0 Internacional
34ª Rodada – Portuguesa 2 x 3 São Paulo
35ª Rodada – São Paulo 3 x 1 Figueirense


Alan Ribeiro Gomes. Tenho 27 anos, formado em Jornalismo e atualmente faço graduação em Educação Física. A torcida pelo São Paulo Futebol Clube iniciou através de meu pai desde criança. A partida decisiva da final do Campeonato Paulista de 1998 foi um dos grandes marcos em minha vida. Ao longo dos anos, a paixão pelo tricolor só aumentou, independente de vitórias ou derrotas. Acompanhar o Clube da Fé é algo que faz parte da minha vida.

Post anteriorBand voltará a reprisar São Paulo 3 x 2 Milan em 2021
Próximo PostDúvidas e desfalques do Grêmio para enfrentar o São Paulo na Copa do Brasil
Alan Ribeiro Gomes. Tenho 27 anos, formado em Jornalismo e atualmente faço graduação em Educação Física. A torcida pelo São Paulo Futebol Clube iniciou através de meu pai desde criança. A partida decisiva da final do Campeonato Paulista de 1998 foi um dos grandes marcos em minha vida. Ao longo dos anos, a paixão pelo tricolor só aumentou, independente de vitórias ou derrotas. Acompanhar o Clube da Fé é algo que faz parte da minha vida.