Choque-Rei: A história em números

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Você sabia que o duelo entre São Paulo e Palmeiras já tem 88 anos de história e é o segundo clássico que foi mais vezes disputado em nossa história?
A única vez em que os times não se enfrentaram, foi no ano de 2003, devido ao rebaixamento do time alviverde para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro no ano anterior.

O desempenho geral do Choque-Rei (apelido criado pelo jornalista Tomaz Mazzoni, do jornal “A Gazeta Esportiva”), é favorável ao Tricolor. Houve confrontos em campeonatos Paulista, Brasileiro, Libertadores da América e até um duelo na Espanha.

A rivalidade entre os clubes vem desde o início, mas ganhou contornos mais fortes durante os anos 40, quando os clubes dominaram o futebol paulista e dividiram todos os títulos estaduais da década. Além disso, durante a Segunda Guerra Mundial, o então Palestra Itália foi obrigado a mudar de nome para Palmeiras, já que o Brasil, declarou guerra aos países do “Eixo” (Alemanha, Itália e Japão) e se alinhou aos países “Aliados”, (EUA, URSS, Reino Unido, França, e outros países).

Informações da época são de que dirigentes do São Paulo estavam entre os que mais pressionaram as autoridades brasileiras para que o rival mudasse de nome, respeitando a legislação nacionalista vigente na época.

Números e estatísticas

Jogos: 314
Vitórias do São Paulo: 108
Derrotas: 104
Empates: 102
Gols do São Paulo: 422
Gols do Palmeiras: 417

 

A maior goleada do clássico aconteceu em 1939, com vitória massacrante do Tricolor por 6×0 e o jogo com o maior público, rolou no Morumbi em 1979, quando 119.113 torcedores, acompanharam a vitória do confronto naquela ocasião.






Fotos: saopaulofc.net

Os jogadores que mais marcaram gols no Palmeiras foram Muller e Gino Orlando. Ambos anotaram 12 gols em 29 jogos contra o rival.

Comente com sua conta do Facebook: