Compra e Venda
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

David Neres partiu para o Ajax enquanto Lucas Pratto veio do Atlético-MG

Seguindo nossa série de compras e vendas, passamos para o terceiro episódio onde vamos lembrar de dois atacantes do Tricolor que passaram na última década e apesar de terem criado expectativa no Tricolor acabaram deixando o time.

#3 – David Neres: um jovem com oito jogos deixou saudade

O jovem David Neres chegou ao Tricolor com 10 anos. Venceu títulos importantes na categoria de base e colocou uma Libertadores em Cotia. Em 2016 foi ao time profissional e rapidamente caiu nas graças da torcida com seu jeito rápido e habilidoso, o jovem fez sucesso no X1 no Brasileirão 2016 mas depois de oito jogos acabou vendido.

Neres foi vendido ao Ajax por 15 milhões de euros (hoje R$ 50,7 milhões) por 80% dos direitos do jogador, ficando os 20% restantes com o São Paulo. E o jovem deixou expectativa no são-paulino já que o semestre em que o atleta vestiu a camisa Tricolor não foi suficiente para a torcida.

Compra e Venda
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O jovem fez grandes campanhas pelo Ajax. Em 2018-19, foi a principal temporada dele na Holanda. O jovem time conduziu o Ajax até as semifinais da Uefa Champions League eliminando Real Madrid, Juventus e Neres marcou nas duas eliminatórias, mas a equipe acabou parando no Tottenham de Lucas Moura nos minutos finais da segunda partida.

Na Holanda, o atacante canhoto venceu três vezes o Campeonato Holandês e duas vezes a Copa da Holanda. E pela Seleção Brasileira, venceu a Copa América de 2019.

#3– Lucas Pratto: argentino chegou em 2017 mas deixou a equipe em 2018

Lucas Pratto, atacante argentino, chegou ao São Paulo em 2017 vindo de uma boa temporada no Atlético-MG. O atacante teve um começo animador no Tricolor sob o comando de Rogério Ceni, porém, ao longo da temporada o jogador acabou passando por problemas dentro e fora de campo e os gols secaram.

No Tricolor, Pratto atuou por 37 jogos e marcou 7 gols, além de dar 5 assistências. Um deles, importantíssimo na luta da equipe contra o rebaixamento. A equipe perdia por 1×0 para o Atlético-PR no Pacaembu em um momento delicado da competição e o atacante estava há 11 jogos sem marcar e conseguiu quebrar a má fase em um momento importante.

A contratação de Pratto girou em torno dos R$ 23.9 milhões e sua saída um ano depois para o River Plate esteve na casa dos 11,5 milhões de euros (R$ 44,4 milhões). O pagamento da equipe argentina foi motivo de problemas judiciais e o pagamento se alongou durante alguns meses.

Compra e Venda
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Atualmente, o argentino esta no Feyenoord Rotterdam, porém, uma lesão no joelho o tirou da última temporada. No River, o argentino venceu a Libertadores de 2018 e chegou na final em 2019, porém, um erro individual na partida contra o Flamengo causou a revolta da torcida.

Post anteriorHernán Crespo é diagnosticado com o vírus da Covid-19
Próximo PostQuerem expulsar Marco Aurélio Cunha, mas por que aliviaram com outros? | OPINIÃO
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.