Neres pode estar indo para o Lyon, da França.
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Capítulo 4: David Neres

Em 3 de março de 1997 nascia em São Paulo o jovem David Neres. Habilidoso, rápido e ágil, o jogador chegou ao Tricolor com 10 anos e logo foi visto como uma joia da base de Cotia.

“Cheguei no dia 28 de setembro de 2007, um dia antes do aniversário do meu pai (Miguel), que é são-paulino fanático. Ele disse que foi o melhor presente que já recebeu”, revelou o jovem em entrevista ao clube no dia seguinte à sua estreia (17 de outubro de 2016) pelo profissional contra o Fluminense no Morumbi (vitória por 2×1).

Talento se faz em casa – Base de Cotia: David Neres
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Na base, David Neres venceu diversos títulos como a Copa Libertadores em 2016 e a Copa do Brasil no mesmo ano onde terminou como artilheiro com seis gols. “Conquistar a Libertadores foi especial, porque o torcedor gosta muito deste torneio. Foi um momento marcante, e muito importante para a nossa categoria de base”, afirmou o jogador que deu uma declaração são-paulina no término do jogo.

Mensagem (para os torcedores) é que nós somos o time brasileiro que tem mais libertadores até na base. Quem manda na libertadores até na base somos nós”, disse o jovem ao lado do amigo Lucas Fernandes.

Em 2016 o time Tricolor chegou até as semifinais da Libertadores, mas passou por uma reformulação no segundo semestre e os garotos de Cotia passaram a receber mais oportunidade. Em um semestre, o jovem atuou em apenas oito jogos e marcou 3 gols. O mais importante deles na goleada de 4×0 contra o Corinthians no Morumbi.

No fim da temporada, o jogador foi negociado com o Ajax por 15 milhões de euros (hoje R$ 50,7 milhões) por 80% dos direitos do jogador, ficando os 20% restantes com o São Paulo. O jogador ficou atrás apenas das vendas de Denilson para o Bétis e Lucas Moura para o PSG.

Talento se faz em casa – Base de Cotia: David Neres
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Na Holanda, David Neres ajudou a equipe a chegar até as semifinais da Uefa Champions League na temporada 2018-19 e foi desejado por diversos clubes da Europa. O jogador acabou ficando e venceu 3 títulos nacionais (2018–19, 2019-20 e 2020–21), além de 2 Copas da Holanda (2018–19 e 2020–21).

Neres também tem uma carreira na Seleção Brasileira. Pelo time Sub20 ele atuou em nove jogos, e pelo Sub23 atuou em duas partidas. Já pela Seleção principal, o jovem atuou em sete partidas, marcou um gol e venceu a Copa América de 2019 jogando em terras brasileiras.

Confira os títulos vencidos pelo atacante

São Paulo (categorias de base)

  • Copa Ouro Sub-20: 2015
  • Copa do Brasil Sub-20: 2015
  • Copa RS Sub-20: 2015
  • Copa Libertadores da América Sub-20: 2016

Ajax

  • Campeonato Neerlandês: 2018–19, 2019-20, 2020–21
  • Copa dos Países Baixos: 2018–19, 2020–21

Seleção Brasileira

  • Copa América: 2019

Prêmios Individuais

Artilharias

  • Copa do Brasil Sub-20 de 2015 (7 gols)

Post anterior“Era o lugar certo com o treinador errado”, diz Falcão sobre passagem pelo São Paulo
Próximo PostCrespo critica falta de jogos de seleções sul-americanas contra europeias: “Estamos perdendo terreno”
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.