Ex-dirigente e médico do Tricolor, o agora executivo de futebol do Avaí opinou sobre o momento da equipe do Morumbi e revelou detalhes de sua carreira

A partir de hoje, o Arquibancada Tricolor conta com um novo podcast: o “E o São Paulo?”. Apresentado por Anderson Dias, o programa tem como primeiro convidado Marco Aurélio Cunha (MAC), médico e ex-dirigente do São Paulo, que também foi vereador na capital paulista, gerenciou o futebol feminino na CBF e atualmente é executivo de futebol do Avaí.

Ouça abaixo ou clicando aqui o primeiro episódio.


Durante a conversa de aproximadamente uma hora, MAC falou sobre o atual momento do São Paulo e criticou o que considera uso excessivo do marketing: “Na chegada do Crespo, por exemplo, parece que havíamos contratado o Guardiola. Claro que torço pelo sucesso dele e de todos no clube, mas o futebol é mais sério do que isso”, opinou.
Também sobre o período sem conquistas, MAC argumentou. “Precisamos parar de comemorar expectativas, vibrar antes da hora e passar a festejar no final”, disse.

O primeiro convidado do ‘E o São Paulo?’ falou também sobre sua participação nas eleições do clube em 2020, a relação com o presidente Júlio Casares, sua carreira política (que não a “empolgou”), a vida em Florianópolis e até as participações marcantes em programas da TV Record, apresentados por Milton Neves e com o duelo sempre engraçado com o colega de profissão, Osmar de Oliveira, falecido em 2014.

O podcast – E o São Paulo?
“O São Paulo é o motivo do encontro, não necessariamente o tema único da conversa”. De forma descontraída, abrangente e sem pautas definidas, o novo podcast do Arquibancada Tricolor prima por boas conversas e histórias interessantes, sem estar obrigatoriamente ligado ao futebol.
O material será publicado a cada 15 dias em todas as plataformas de áudio e contará também com cortes publicados no canal de YouTube do Arquibancada Tricolor.

Post anteriorSão Paulo prepara o lançamento de camarote para ídolos do clube no Morumbi
Próximo PostMinistério Público nega pedido da FPF e Paulistão segue paralisado
Sou Anderson Dias, jornalista, já passei dos 30 e todas as minhas escolhas profissionais (e muitas pessoais) são ligadas ao São Paulo Futebol Clube. Me formei em Jornalismo, fiz alguns cursos ligados ao esporte e também pós-graduação em Gestão e Marketing Esportivo.