25/01/1930 – 90 anos de São Paulo Futebol Clube

O Tricolor, fundado em 25 de janeiro de 1930, hoje comemora 90 anos de existência

São Paulo Futebol Clube foi fundado em 25 de janeiro de 1930 e hoje comemora 90 anos de existência. O clube nasceu da união de dissidentes do Club Athlético Paulistano e da Associação Athlética das Palmeiras, tendo a ata de fundação assinada na madrugada do dia 26 daquele mês devido ao tardar da reunião e confecção dos estatutos.

Como o novo estatuto do Tricolor diz, no Capítulo I, Artigo 1º: “O São Paulo Futebol Clube (“SPFC”), fundado na cidade de São Paulo em 25 de janeiro de 1930, tendo temporariamente suspendido e retomado suas atividades no ano de 1935, é uma associação de prática desportiva…“. Não havendo, então, qualquer questão sobre o dia em que O Mais Querido foi fundado. 

1930 E 1935: ENTENDA A HISTÓRIA DO TRICOLOR

O são-paulino mais jovem já deve ter se perguntado isso: “Mas quando é o aniversário do meu clube mesmo?” A dúvida é pertinente. O São Paulo Futebol Clube foi fundado em 25 de janeiro de 1930 e reorganizado, após desavenças políticas que haviam levado o clube a um breve encerramento, em 16 de dezembro de 1935.

O tema, dentro do próprio São Paulo, sempre foi ponto de forte discussão. Ao longo dos anos e com o passar das mudanças estatutárias é possível verificar isso. Aqui transcreveremos os artigos de cada mudança estatutária referente, deixando claro que as duas datas são de suma importância para o Tricolor e que o clube não pode abrir mão de nenhuma delas, pontuando-as como devem ser: fundação e reorganização.

Cada uma tem seu significado e valor histórico, resultado da ação de vários homens que batalharam pelo time o qual você torce hoje.

E este time é um só: O São Paulo Futebol Clube, que é o mesmo desde 1930. Nunca existiu um “São Paulo da Floresta” ou um “SPFCF”. Tal alcunha é de uso tardio, que surgiu em meados dos anos 70 e que se espalhou nos anos 90. O nome, o escudo, os uniformes, todos os símbolos são marcas indivisíveis do único São Paulo Futebol Clube. 

Seguem assim, abaixo, as passagens e comentários:

  • Da Ata de Primeira Assembleia Geral do São Paulo Futebol Clube:

“Aos vinte e seis dias do mês de Janeiro de mil novecentos e trinta, nesta cidade, à Praça da República nº 28, compareceram os abaixo-assignados, sócios da Associação Athletica das Palmeiras e do Clube Athletico Paulistano, para o fim especial de fundarem um novo clube que representasse condignamente a Cidade de São Paulo em competições esportivas”.

Lembrando que é dito 26 de janeiro pois a reunião de fundação adentrou pela madrugada, tendo se iniciada no dia 25, às 14h. 

  • Dos estatutos de 26 de janeiro de 1930, capítulo I, artigo 1º:

“O São Paulo Futebol Clube é uma instituição fundada pelos sócios aficcionados do esporte de futebol do Club Athletico Paulistano e pela Associação Athletica Palmeiras, destinada a proporcionar aos seus sócios a prática de todas as modalidades de esporte”.

  • Dos estatutos de 23 de julho de 1931, capítulo I – Dos seus fins, artigo 1º:

“O São Paulo Futebol Clube, fundado em 25 de janeiro de 1930, com sede e foro na Capital do Estado de São Paulo, é uma instituição destinada a proporcionar aos seus associados a prática dos esportes e será regida por estes estatutos”.

O documento de 1931 é o primeiro em que consta, claramente dita, uma data de fundação.

  • Da ata de reativação do clube de 16 de dezembro de 1935, parágrafo final

“… e prometteu que todos os membros da Directoria estavam dispostos a não medirem sacrifícios para que o pavilhão tricolor voltasse a tremular glorioso nos campos esportivos do Brasil, elevando cada vez mais o nome do São Paulo Futebol Clube, cognominado o esquadrão de aço”.

A própria ata de reativaçãoação do clube reconhece a proveniência e existência do São Paulo Futebol Clube como criado em 1930 quando diz “voltasse” e principalmente ao citar “esquadrão de aço”, apelido do time tricolor entre 1930 e 1935, devido aos craques do período, como Friedenreich.

  • Dos estatutos de 16 de dezembro de 1935, capítulo I – Da Sociedade e seus fins; artigo 1º, presente na ata de reativação:

“Com a denominação de “São Paulo Futebol Clube” e com sede e foro nesta Capital de São Paulo, fica fundada uma associação civil de fins esportivos que se regerá, doravante, pelos presentes estatutos”.

Ou seja, o primeiro estatuto após reativação não definia data do nascimento do clube. Claro, pois os reorganizadores, em esmagadora maioria, eram sócios do clube fundado em 1930 e somente não queriam deixar o clube se esvair e morrer. E seguiu-se, assim sem data de fundação, por algum tempo.

  • Dos estatutos de 25 de novembro de 1937, capítulo I – Do Clube e seus fins; artigo 1º:

“Com a denominação de “São Paulo Futebol Clube”, fica organizada, nesta Capital de São Paulo, onde fixa sua sede e tem seus domicílio e foro jurídico, uma sociedade esportiva, que se regerá doravante, pelos presentes estatutos”.

Perceba que se altera o trecho “fica fundada” para “fica organizada”. 

  • Dos estatutos de 22 de janeiro de 1940 e de 27 de março de 1942, capítulo I – Da denominação, sede, duração, fins e organização; artigo 1º:

“O “São Paulo Futebol Clube”, fundado em 16 de dezembro de 1935, nesta Capital de São Paulo, onde tem foro e sede, à Rua D. José de Barros, nº 337, 4º andar, salas 410/419, é uma sociedade desportiva com personalidade jurídica, nos termos do Código Civil, com patrimônio distinto do de seus sócios”.

Em 1940, após os períodos de muita dificuldade vivida pelo clube e seus dirigentes entre 1937 e aquele ano, quando, após recomeçarem o clube do zero, praticamente sem apoio algum dos antigos fundadores, surge a data de 1935 como sendo a de fundação em uma espécie de homenagem dos novos sócios a aqueles homens que não deixaram o São Paulo morrer em 1935 e nos anos seguintes.

  • Dos estatutos de 25 de maio de 1944, e de 1947, capítulo I – Da denominação, sede, duração, fins e organização; artigo 1º:

“O São Paulo Futebol Clube, fundado em 16 de dezembro de 1935, nesta Capital de São Paulo, onde tem foro e sede à Rua Padre Vieira, no Canindé, é uma sociedade desportiva com patrimônio distinto do de seus sócios”.

  • Dos estatutos de 22 de setembro de 1949 e 12 de setembro de 1953, capítulo I – Da denominação, sede, duração, fins e organização, artigo 1º:

“O “São Paulo Futebol Clube”, fundado nesta cidade de São Paulo, onde tem foro e sede, é uma sociedade desportiva com patrimônio distinto do de seus sócios”.

Após muitos debates, a data de fundação deixa novamente os estatutos. Ainda que não estivesse presente, inúmeras publicações do São Paulo, como a revista Tricolor, ou ainda publicações especializadas, consideravam como fundação a data de 25 de janeiro de 1930. Só não constava no estatuto como forma de se evitar a polêmica.

  • Dos estatutos de 25 de julho de 1956, capítulo I – Da denominação, sede, duração, fins e organização; artigo 1º:

“O “São Paulo Futebol Clube”, fundado na Cidade de São Paulo, onde tem foro e sede, em 25 de janeiro de 1930, extinto em 14 de maio de 1935 e reorganizado em 16 de dezembro de 1935, é uma sociedade civil, com prazo de duração indeterminado…”.






Pouco tempo depois, em 1956, a data de 1930 aparece oficialmente como fundação do clube. Nota-se que a data de reativação é mantida, por sua tão clara importância e contextualizada nos acontecimentos. Perdurou assim por quase 20 anos.

  • Dos estatutos de 15 de setembro de 1958, 17 de março de 1959, 4 de julho de 1961, capítulo I – Da denominação, sede, duração, fins e organização, artigo 1º:

“O São Paulo Futebol Clube, fundado na Cidade de São Paulo, onde tem foro e sede, em 25 de janeiro de 1930, extinto em 14 de maio de 1935 e reorganizado em 16 de dezembro de 1935, é uma sociedade civil…”.

  • Dos estatutos de 28 de fevereiro de 1973, capítulo I – Da Denominação, sede, duração, fins e organização, artigo 1º:

“O São Paulo Futebol Clube, fundado na cidade de São Paulo, onde tem foro e sede, em 16 de dezembro de 1935, preservador das glórias e tradições do São Paulo Futebol Clube, da Floresta, o qual foi fundado em 25 de janeiro de 1930 e extinto em 14 de maio de 1935, é uma sociedade civil, com prazo de duração indeterminado…”.

E a data de 1930 durou como sendo a de fundação do clube até 1973, quando o texto foi reorganizado favorecendo 1935, sem que, todavia, o marco de 1930 fosse esquecido. De lá para cá, a passagem foi levemente alterada e sempre deixando uma dupla interpretação: Que o clube foi estabelecido em 1935, mas que fora fundado, pela primeira vez, em 1930. Isso principalmente por se declarar preservador das glórias e tradições do clube nascido em 1930.

Tanto que o clube tradicionalmente sempre festejou, até mesmo com bolo comemorativo, o aniversário do clube, no dia 25 de janeiro, considerada data magna.

Para pôr fim a esse estado ambíguo, no segundo semestre de 2013, o Egrégio Conselho Deliberativo do São Paulo Futebol Clube aprovou solene e claramente a data de 25 de janeiro de 1930 como a da fundação do Tricolor. 16 de dezembro de 1935, que jamais será esquecida, como a data da reorganização do São Paulo Futebol Clube.

Confira mais detalhes sobre a rica história do Tricolor Paulista no link abaixo.

Fonte: Site Oficial

Foto: Arquivo Histórico do São Paulo Futebol Clube

Comente com sua conta do Facebook: