A que se deve a notória mudança da preparação física do SPFC

O São Paulo ainda tem muito a provar ao seu torcedor apesar do bom momento vivido na temporada, mas uma coisa que mudou nos últimos tempos de maneira notória no elenco é a preparação física, pois em um tempo não muito distante o que mais se reclamava é que o time “morria” no segundo tempo, ou seja, perdia muito do ritmo do início.

Isso prejudicava muito a equipe, o que levava a seguidos resultados negativos, pois o adversário se aproveitava da fragilidade do time para marcar gols. O Tricolor continua com alguns problemas, principalmente, na área defensiva. No entanto, observamos que os jogadores correm o jogo todo, doando-se sem se cansar.

Para citar dois exemplos: Luciano, que vive grande fase e além de colaborar com gols tem uma importância na defesa crucial, estando em todos os lugares do campo durante todo o período que está jogando.

Abaixo você confere o mapa de calor do camisa 11 na temporada pelo Tricolor Paulista:

Outro jogador é Daniel Alves, que muitas vezes não apresenta tecnicamente o esperando dentro de campo, mas também é um jogador cuja preparação física chama a atenção, pois joga a partida toda com muita intensidade.

Esse fato se deve muito à contratação feita pelo São Paulo no final do ano passado, do fisiologista Luis Fernando de Barros, que lidera a área médica do clube juntamente com o Dr. José Sanchez e Dr. Tadeu Moreno.

Luis é filho de Turíbio Leite de Barros, fisiologista que trabalhou São Paulo até 2010 e foi muito importante em período de auge do Reffis. O fisiologista Luis Fernando também teve passagem pelo Santos, onde fez um bom trabalho principalmente na pré-temporada de 2019.

Essa foto abaixo já é de quando Luis Fernando de Barros chegou ao São Paulo e participou da pré-temporada de 2020.

Confira os demais profissionais desta área do clube:

Fonte: Lance!
Foto: São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: