Foto: São Paulo FC

A pandemia do coronavírus, mesmo depois de pouco mais de um ano ainda assola o mundo. Novos casos de infecções e mortes voltaram a crescer em diversos países.

O futebol, como em 2020, já registra casos de infecções que colocam em risco jogadores, membros de comissões técnicas, cartolas, arbitragem entre outros envolvidos. Óbviamente a preocupação com a saúde das pessoas e a qualidade dos jogos entre em pauta e o debate sobre haver uma nova paralisação no esporte volta aos holofotes.

Conforme noticiado pelo jornalista Marcel Rizzo, do UOL, clubes, TV’s e federações desejam completar o calendário ainda em 2021, evitando que a temporada invada o ano de 2022. A única coisa que os impede é se os governos estaduais proibirem as práticas esportivas como aconteceu no Paraná, Acre, Santa Catarina parcialmente no Ceará.

Em contrapartida, o Ministério Público vai recomendar a CBF que o futebol seja sim interrompido no Brasil. Em entrevista ao Globoesporte.com, o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios do Ministério Público, Valberto Lira, explicou que a recomendação do MP tem como objetivo diminuir o possível contágio que as delegações de clubes geram enquanto circulam pelo país para jogar.

Em São Paulo, único lugar que o Tricolor Paulista tem compromissos marcados no momento, a decisão do Governo Estadual é de seguir com as partidas do Campeonato Paulista.

José Medina, do Centro de Contingência do governo estadual, disse em entrevista: “Até esse momento, vai seguir o mesmo modelo da Europa, com vários países que instituíram lockdown e mantiveram a atividade de futebol, atividade esportiva sem plateia. Até o momento, a decisão é manter as atividades, como vem seguido em Portugal, Inglaterra, Estados Unidos, onde essa atividade, bastante controlada, foi mantida, até porque a população precisa de algum tipo de diversão, de entretenimento durante esse período tão duro”.

Portanto, o futebol está mantido no Brasil a não ser que os governadores de cada estado dedidam por paralisa-lo.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, o Brasil registrou 1.786 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Ao todo 10.796.506 de casos já foram confirmados desde o início da pandemia por aqui.

Abaixo você confere algumas recomendações do Governo do Estado de São Paulo referentes ao combate à Covid-19:

Fontes: UOL, GE

Post anteriorBahia quer Toró por empréstimo
Próximo PostResumão AT – 04/03/21
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.