Apesar da facilidade, jogadores do São Paulo aprovam jogo-treino

Muitos podem questionar a relevância de se fazer um jogo-treino contra uma equipe muito inferior tecnicamente, como o São Paulo fez na manhã deste domingo, em Cotia, quando acabou goleando o Columbus Crew, dos Estados Unidos, por 7 a 0. Mas a atividade serviu para Rogério Ceni testar formações que ainda não havia observado em prática nesta pré-temporada e para evidenciar alguns erros que ainda precisam ser corrigidos antes da estreia no Campeonato Paulista, marcada para o dia 5, frente ao atual vice-campeão Osasco Audax. Tudo isso foi levado em conta pelo elenco, que aprovou a ideia de fazer um último teste antes da bola rolar para valer.

“O jogo-treino foi muito bom para dar mais ritmo de jogo. A equipe se comportou bem e soube conquistar a vitória. Além disso, foi importante para o Rogério observar os jogadores de olho na estreia do Campeonato Paulista. Queremos começar o ano bem, com o pé direito, porque a nossa meta é ter uma temporada vitoriosa”, comentou o atacante Luiz Araújo, antes de o discurso reforçado por Bruno. Luiz Araújo não começou jogando, mas marcou seu gol com a segunda formação do São Paulo (Foto: Igor Amorim/SPFC)Luiz Araújo não começou jogando, mas marcou seu gol com a segunda formação do São Paulo (Foto: Igor Amorim/SPFC)

“Nossa preparação tem sido excelente. Junto com o Rogério temos acertado o time para adquirir mais confiança antes do Paulista. O jogo-treino foi bom, porque sempre tiramos algumas lições em partidas assim. Vamos corrigir alguns erros para chegarmos bem na estreia do Estadual. Vamos em busca de vitórias desde o primeiro jogo”, disse o lateral.

Sem Rodrigo Caio, liberado por ter atuado pela Seleção Brasileira em amistoso no Rio de Janeiro no meio da semana, Rogério Ceni aproveitou para colocar um time postado com duas linhas de quatro e sem três atacantes de ofício na frente. Cícero, apenas suplente nos Estados Unidos, pôde começar jogando pela primeira vez ao lado de Cueva no meio de campo.

“É importante adquirir ritmo de jogo, porque isso ajuda bastante na preparação. Temos aperfeiçoado a parte tática e aprimorado a nossa condição física a cada nova atividade, como o jogo treino deste domingo. Ainda temos mais uma semana de treinos antes da estreia, mas já vejo nosso elenco mais forte. Partidas como esta, contra o Columbus Crew, ajudam bastante na preparação”, explicou o volante, que abriu o placar neste domingo e depois viu Thiago Mendes, Wellington Nem, Chavez, Gilberto, Neilton e Wesley completarem a goleada.

O São Paulo jogou dois tempos de 25 minutos com: Sidão; Bruno, Lugano, Breno e Buffarini; João Schmidt, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem, Chavez e Cueva. Em seguida, Rogério Ceni testou a formação pelo mesmo período com: Denis; Wesley, Maicon, Douglas e Junior Tavares; Wellington, Araruna e Shaylon; Neilton, Gilberto e Luiz Araújo.


São Paulo faz 7 a 0 sobre time dos Estados Unidos em seu último teste

Rogério Ceni tenta minimizar pressão para acabar com jejum do São Paulo

Confira as novidades do mercado da bola deste sábado


Let’s block ads! (Why?)

Comente com sua conta do Facebook: