Recém-contratado, o atacante Gilberto estreou pelo Tricolor no último final de semana ao entrar no decorrer do clássico contra o Corinthians (1 x 1) pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. E após vestir pela primeira vez a camisa do clube, o centroavante já mira novas oportunidades: desta vez entre os titulares. No Majestoso, Ytalo deixou a Arena Itaquera com dores no joelho e não sabe se terá condições de jogo para encarar o Grêmio no próximo domingo (24), em Porto Alegre. Assim, a provável ausência do camisa 37 abre espaço para que o reforço seja um dos 11 escolhidos de Patón.

“A vontade foi importante para mim nesse começo. Agora é dar continuidade. Sei o que posso render para o clube e para meus companheiros. Assim que puder mais, vou ajudar. Terei a semana inteira pela frente para aprimorar a forma física e conhecer melhor os meus novos companheiros, porque ainda busco o entrosamento ideal”, avaliou o jogador são-paulino, que pode ser uma das novas referências no ataque tricolor após a saída de Calleri, que seguiu para defender a Seleção Argentina nos Jogos Olímpicos.

“Não tem o que falar do Calleri. É um ídolo recente do clube. Tenho que fazer minha história, como ele fez com gols e boas atuações. Tenho mais tempo para fazer uma história melhor, porque assinei contrato até o final da temporada, e vou buscar isso nos jogos para ajudar a equipe. Estou à disposição do treinador e quero mostrar o meu futebol”, acrescentou o atacante, que estava no Chicago Fire-EUA.

Revelado no futebol alagoano, o atacante também acumula passagem por Sport, Internacional, Portuguesa, Vasco e Toronto-CAN. Em 2011, foi peça fundamental na conquista do título Pernambucano pelo Santa Cruz, terminando a competição como vice artilheiro, com 12 gols, além de ser escolhido como o melhor atacante do estadual em prêmio organizado pela Federação Pernambucana de Futebol. Ao final da temporada, foi contratado pelo Internacional, onde conquistaria a Recopa Sul-Americana em 2011, e o bicampeonato Gaúcho em 2012 e 2013.

Em julho de 2013 foi emprestado para a Portuguesa, onde conseguiu números expressivos, com média superior a 0,5 gol por jogo. Nesse período, foi decisivo na goleada sobre o Corinthians por 4 a 0 ao balançar as redes três vezes. No currículo, Gilberto também traz boa passagem pelo Vasco da Gama, em 2015, onde conquistou o Campeonato Carioca daquele ano, inclusive marcando gol no segundo e decisivo jogo da final diante do Botafogo.

Let’s block ads! (Why?)

Post anteriorBauza diz que sua situação no Tricolor ficaria difícil sem reforços
Próximo PostBauza cita tricampeonato brasileiro para minimizar saída de Ganso