Valencia projeta confronto contra o São Paulo
Foto: Francisco Longa | Agencia Uno

Depois da frustrante e precoce eliminação na primeira fase da Copa Libertadores da América, a Universidad Católica tenta se reerguer. Apesar de figurar em uma posição nada agradável no Campeonato Chileno, a equipe do técnico Ariel Holan vem de uma boa sequência: são três vitórias consecutivas – duas das quais possibilitaram a classificação na Copa Chile. E o atacante Diego Valencia, destaque do último confronto, projetou o embate contra o São Paulo pela Copa Sul-Americana.

Valencia foi responsável por dois dos três gols da equipe diante do Unión San Felipe, na grande vitória por 3×0 no estádio San Carlos de Apoquindo – palco do confronto contra o Tricolor. Ele foi o grande destaque do jogo, ao lado de Maurício Isla, que estreou com duas assistências para gols dos companheiros. De acordo com o centroavante, os Cruzados precisam manter o mesmo enfoque para seguir o rumo das vitórias na competição internacional.

O time conseguiu um crescimento, que era o que procurávamos nestes dias de treino. Temos que continuar agarrando o ritmo e a intensidade que o professor Holan quer, sabendo que estamos longe do nosso teto pessoal e grupal. O objetivo é continuar crescendo e aumentando o nível“, apontou El Pollo – como é conhecido no Chile.

E ele falou também sobre a disputa contra o São Paulo, nesta quinta-feira.

Há times enormes na América do Sul, e nosso objetivo lá é nos compararmos com eles e competir. Temos que ir passo a passo, estamos focados no São Paulo para enfrentar melhor essa chave. Queremos continuar incorporando a ideia do jogo e que isso se reflita no resultado“, apontou Valencia.

Confira aqui a matéria do Prensa Futbol com o depoimento do jogador.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorLibertadores 1974 – Nossa primeira final
Próximo PostMeia surpreende e pode ser reforço de Ceni antes do esperado
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.