Arsenal pretende estreitar relações com o São Paulo
Foto: Divulgação / Instagram de Marquinhos

Na transação em que adquiriu os direitos do jovem atacante Marquinhos, o Arsenal tinha plena noção de que, em se aguardando mais um período, o jogador estaria livre para assinar de forma graciosa. No entanto, o time inglês fez questão de negociar um razoável valor compensatório ao São Paulo – algo em torno de 3,5 milhões de euros – como forma de demonstrar cortesia e boa-fé. O intuito, para além disso, é também uma maneira de estreitar relações entre as agremiações – no afã de ser um “novo Arsenal” para o Tricolor.

Celeiro de promessas, o time do Morumbi já revelou para o mundo nomes como Kaká, Eder Militão e Casemiro. Mais recentemente, Antony, que saiu ainda novo e está brilhando na Holanda e na Seleção Brasileira. Atento à relação interessante entrelaçada entre Ajax e São Paulo, que costumam celebrar bons pactos no intercâmbio de jovens atletas, o Arsenal, por intermédio do diretor técnico Edu Gaspar, tem a pretensão de fazer com que os clubes se aproximem e se tornem tão próximos quanto na relação com os holandeses.

Temos uma relação espetacular com o Edu Gaspar, que nos disse que sabia que o Marquinhos poderia sair de graça. Mas que, mesmo assim, ia buscar recursos para pagar o São Paulo, porque ele quer ter uma relação com o São Paulo parecida com a que o Ajax tem com a gente“, afirmou o diretor estatutário de futebol, Carlos Belmonte, em uma live no youtube.

Com informações da Gazeta Esportiva. Clique aqui e confira.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorEntenda por que o São Paulo não se movimenta para repatriar Brenner
Próximo PostPresidente do São Paulo responde sobre goleiro do Fluminense
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.