Base de Cotia: título Paulista 2021 ganho com o talento e genialidade do nosso “celeiro de jovens promessas”

Do time titular e reservas, até durante os períodos de treinamento sob o olhar de Hernán Crespo, o sub-17 e sub-20 contribuíram na caminhada do título do Paulista deste ano

Após longos quase nove anos não vencíamos um título, e neste ano, com a chegada do novo técnico Hernán Crespo e iniciativa de mudança de mentalidade, vistoriada de perto pelo coordenador de futebol, Muricy Ramalho, o São Paulo conquistou o Paulista 2021 com mérito. Toda essa mudança, também deu oportunidade para os meninos da base de Cotia, entre eles do sub-17 e sub-20, a participarem deste período que foi o Paulista deste ano, fortalecendo a equipe e ajudando na caminhada do título.

Com o número excessivo de jogos e disputando duas competições ao mesmo tempo, fez com que o técnico explorasse mais as crias de Cotia, a fim de aprimorar e amadurecer um elenco que necessitava de peças de recomposição, em curto período de tempo. Foi ai que entrou o poder que nosso “celeiro de jovens promessas” tem, fazendo desta usualidade uma necessidade. Sorte a nossa!

Dentro do nosso time titular temos ótimos jogadores, que já alguns anos, se firmaram no time como peça principal da nossa equipe, são eles: Luan, Gabriel Sara, Igor Gomes, Rodrigo Nestor, Liziero. Salvo algumas oscilações, são jogadores que vivem uma boa fase dentro do clube, fortalecendo e amadurecendo com anos de competições. Entre os atletas da base, já alguns anos, contamos com nosso veterano, mas que também é cria de Cotia, Hernanes.

Outros atletas, neste início de temporada, ganharam a oportunidade de estar entre os titulares ou no banco, para as competições deste ano 2021. Sendo assim, conforme a necessidade, Crespo utilizou de peças, que durante alguns jogos, fizeram alusão ao famoso “expressinho” dos anos 90, onde jovens promessas da base disputavam alguns jogos, para descansar os bons titulares. O nosso “expressinho” do século 21 têm: Lucas Perri, Rodrigo, Diego Costa, Weligton, Talles, Galeano, Paulo Boia.

Com toda essa “molecada” em campo, resgatou muitas memórias boas, onde lá no passado, fomos fortes e brigadores com a presença de jovens talentos, que atreladas e correndo juntos com destaques do São Paulo, fizeram com que muitos títulos fossem conquistados com a camisa tricolor. Hoje resgatamos nossa força com o talento e olhar clínico dos nossos profissionais da base, que sempre estiveram atentos no surgimento de atletas que pudessem despontar e reforçar nosso time profissional.

Neste período, outros jovens promessas da base do sub-20 e sub-17 também passaram pelos treinos, ajudando e incentivando quem estava na linha de frente, a fazer história e trazer mais uma taça para imensa sala de troféus, sitiada no salão oval do Morumbi.

Resumindo, temos ótimos jogares sendo formando e nosso histórico de revelar jogadores para o mundo é positivos, vide Kaká, Denilson, Antony, Lucas Moura, David Neres, Casemiro, Hernanes, Júlio Batista, Silas, Cafu, Serginho Chulapa, entre outros. Nossa clube é um dos maiores exportadores de talentos e o selo de qualidade vindo de Cotia, ajudou em mais um título para o São Paulo.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais