Maicon, jogador do São Paulo FC, durante treino no CCT da Barra Funda, na Zona Oeste da capital paulista.Expulso contra o Atlético Nacional, Maicon será utilizado no jogo contra o América-MG (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O técnico Edgardo Bauza não surpreendeu na escalação do São Paulo que enfrentará o América-MG, neste domingo, no Morumbi. O Patón comandou um treino coletivo nesta sexta-feira e indicou que o zagueiro Maicon liderará um time constituído por reservas na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Expulso na derrota por 2 a 0 para o Atlético Nacional, na quarta-feira, Maicon terá de cumprir suspensão na partida de volta das semifinais, marcada para o próximo dia 13, em Medellín. Assim como o zagueiro, o goleiro Denis e o volante Wesley iniciaram o duelo com os colombianos e também estiveram no coletivo.

Na primeira parte do treino, Bauza escalou o São Paulo com Denis; Mateus Caramelo, Maicon, Lyanco e Carlinhos; Hudson, Wesley, Luiz Araújo, Cueva e Centurión; Alan Kardec. Na segunda metade, o Patón trocou Caramelo por Auro e promoveu a entrada de Artur no lugar de Wesley.

O zagueiro Lugano, provável substituto de Maicon em Medellín, será reserva contra o América-MG. A comissão técnica entende que seria um risco desnecessário expor o uruguaio nesse final de semana. Os demais jogadores cotados para enfrentar o Atlético Nacional calçaram tênis e fizeram exercícios físicos no gramado. Lucão, negociado com o Porto, também fez atividades leves e não esteve presente no coletivo.

O meia-atacante Kelvin, que corre contra o tempo para se recuperar de uma contusão muscular, correu em torno do gramado pela primeira vez. O goleiro Renan Ribeiro, livre de uma lombalgia, foi a campo e fez exercícios físicos. Ganso ficou nas dependências internas do CT.

Na décima posição do Brasileiro, o São Paulo está com 18 pontos e já se encontra a dez do líder Palmeiras. O América-MG, com oito pontos, é o lanterna da competição nacional. A partida entre os times será disputada às 16 horas (de Brasília) do domingo.


Kardec avisa concorrentes à vaga de Calleri: “Terão que ralar muito”

Acompanhe as novidades das equipes paulistas nesta sexta-feira

De herói a vilão, Maicon é a única certeza do São Paulo pós-Libertadores