Com gol de Douglas e superioridade durante a maior parte do tempo, o Grêmio levou a melhor e bateu o São Paulo por 1 a 0 neste final de semana, em Porto Alegre, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Assim como o elenco, o técnico Edgardo Bauza lamentou o revés deste domingo (24) e enalteceu a postura do adversário, que soube controlar as ações do jogo para conquistar os três pontos.

“Quando o time joga mal, como hoje, perde. O Grêmio foi melhor que o São Paulo e mereceu o resultado. Fizemos pouco ofensivamente e não ficamos muito tempo com a bola. Não jogamos bem e quando isso acontece é difícil conquistar um bom resultado. Ofensivamente, não tivemos a claridade e o desiquilíbrio individual, como geralmente acontece com Cueva, Centurión e Michel Bastos, para criar as jogadas. Tentamos mudar isso com a entrada do Kelvin, não conseguimos”, avaliou Patón, que completou.

“Queríamos incomodar o Grêmio, mas não fomos precisos. Eles jogaram da maneira que a gente esperava, sabíamos que seria assim, mas não conseguimos evitar que eles ficassem mais tempo perto da área. A equipe até trabalhou bem, mas é difícil conter uma equipe que pressiona os 90 minutos e a gente não ataca. Foi aí que tivemos problemas”, opinou o experiente treinador argentino, na Arena Grêmio.

Durante a coletiva de imprensa, o comandante são-paulino também elogiou o sistema defensivo, que apesar das dificuldades conseguiu conter boa parte do ímpeto dos anfitriões. O goleiro Denis fez, pelo menos, três ou quatro grandes intervenções que impediram que o placar fosse mais elástico. Além do camisa 1, Bauza citou a entrega dos marcadores que lutaram para proteger a meta.

“Defensivamente, todos foram bem. O Denis pegou três bolas difíceis, os zagueiros também estiveram bem e eles não tiveram facilidade para chegar ao nosso gol. Por isso, acredito que arriscaram em chutes de longe. Não foi somente o goleiro, mas defensivamente a nossa equipe não fez uma partida ruim”, finalizou Patón.

Neste final de semana, o gol solitário da partida foi marcado pelo meio-campista Douglas aos sete minutos do segundo tempo. Com o revés, o time são-paulino se manteve na nona colocação, com 22 pontos. No próximo final de semana, com a missão de tentar reagir na competição, os paulistas receberão a Chapecoense, no Morumbi.

Let’s block ads! (Why?)