Edgardo Bauza vai confirmar a escalação do São Paulo apenas após o treino desta terça-feira à noite (Foto: Rubens Chiri/SPFC)Edgardo Bauza vai confirmar a escalação do São Paulo apenas após o treino desta terça-feira à noite (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

A cada minuto que passa a expectativa para a semifinal da Copa Libertadores da América cresce entre são-paulinos e colombianos. No Tricolor, segue o mistério sobre a escalação da equipe. Mas, o técnico Edgardo Bauza já adiantou que Alan Kardec, autor de dois gols no último domingo, vai começar a decisão no banco de reservas. O substituto de Ganso, fora da partida por lesão na coxa, porém, segue indefinido.

“Kardec é um atacante. A equipe pode aproveitar sua altura, tem um bom cabeceio. Ele não joga atrás, como Ganso. É um jogador como Calleri, por isso é difícil que joguem juntos, porque são jogadores com características parecidas. Com Calleri deve jogar outro jogador. Hoje definimos isso”, avisou o comandante, em entrevista à Espn.

O elenco do São Paulo fez o reconhecimento do gramado do palco do jogo na noite desta segunda. Às 18 horas (de Brasília) – 16h locais – o grupo fará um treinamento no campo do Envigado, já que o estádio Atanasio Girardot recebá nesta terça uma partida do Indepiendente de Medellín pelo campeonato colombiano. Após isso, Bauza concederá uma entrevista coletiva e espera-se que, enfim, o mistério da escalação seja revelado.

“Vamos jogar como sempre. Chegando com muita gente, tratando de aproveitar o campo do jogo, que vai estar muito rápido. Não é hora de mudar”, explicou. “As características já sabemos, uma pena que não podemos ter Ganso e Kelvin, jogadores importantes. Estamos estudando variantes, mas se não trabalharmos de uma forma, vamos trabalhar de outra. Depois do treinamento já teremos uma equipe confirmada para a partida. Quero uma equipe equilibrada”, completou.

Dentro disso, o que o técnico argentino mais espera que é seus comandados estejam preparados para decidir a semifinal nos momentos cruciais. As oportunidades de gols desperdiçadas no primeiro confronto ainda não foram digeridas por Bauza.

“Vamos jogar contra uma equipe que joga com a bola. É difícil tirar a bola deles. Temos de ser efetivos, coisa que não fomos no Morumbi, quando tivemos cinco chances claras e não fomos efetivos”, comentou, tentando manter a confiança em alta. “Estamos bem. Estamos tranquilos. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar e também do que precisamos. Vamos treinar e definir a equipe. Temos de fazer uma partida inteligente para nos classificarmos”, concluiu.

Desta forma, a tendência é de que o Tricolor entre em campo para buscar a virada histórica com: Denis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Thiago Mendes, João Schmidt, Centurión, Ítalo e Michel Bastos; Calleri. Hudson, Wesley e Luiz Araújo podem ser surpresas. O São Paulo precisa igualar os 2 a 0 para levar a disputa ao menos para os pênaltis. Uma vitória por três gols de diferença ou até mesmo por dois gols de diferença, desde que o Atlético Nacional marque, classifica a equipe brasileira.


Acompanhe as novidades das equipes paulistas nesta terça-feira

Tricolor relembra última queda em mata-mata para evitar erros

Santos pode faturar mais de R$ 1 milhão caso São Paulo venda Ganso


This entry passed through the Full-Text RSS service – if this is your content and you’re reading it on someone else’s site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Recommended article from FiveFilters.org: Most Labour MPs in the UK Are Revolting.

Post anteriorAcompanhe as novidades das equipes paulistas nesta terça-feira
Próximo PostConfira o treino do São Paulo no estádio Atanasio Girardot