Bielsa critica atual momento do futebol sul-americano e relembra formação do São Paulo de Telê

Foto: Seleção Uruguaia

O Uruguai será o adversário do Brasil nas quartas de final da Copa América no confronto que está marcado para às 22h (horário de Brasília) deste sábado (06), no Allegiant Stadium, em Nevada, nos Estados Unidos.

Em entrevista coletiva, o técnico da Seleção Uruguaia, Marcelo Bielsa, fez críticas ao futebol sul-americano, visto que os jovens talentos são vendidos precocemente para a Europa, e citou como exemplo o caso de Endrick, do Palmeiras, que foi vendido ao Real Madrid.

Bielsa era o técnico do Newell’s Old Boys, da Argentina, que enfrentou o São Paulo na final da Libertadores de 1992 e para dar ainda mais base ao seu pensamento citou os jogadores do Tricolor que disputaram aquela final.

“Você recorda a formação do São Paulo? Com um treinador monumental e uma formação de todos jogadores de seleção brasileira, todos jogando no futebol local. Vejam o que passou com o pobre futebol sul-americano. Lá jogava Raí, Antonio Carlos, Ronaldo, Cafu, Pintado, Muller, todos jogadores “europeus”, mas antes de irem à Europa jogaram duas finais de Copa Libertadores. O que aconteceu com o futebol? Com o futebol, que é propriedade popular essencialmente. Por que? Os pobres têm muita pouca capacidade de acesso à felicidade porque não dispõem de dinheiro para comprar felicidade. O futebol, como é gratuito, é de origem popular. Esse futebol, que era uma das poucas coisas que os mais pobres mantinham, já não tem mais, porque aos 17 anos Endricks vão, o “winger de Palmeiras” (Estevão) que lástima que eu tenha que dizer hoje algo que só vai me trazer críticas”.

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!