Calleri:
Foto: Rummens

Em entrevista recente ao SporTV, o argentino Jonathan Calleri definiu a sua ligação com o São Paulo como a mais intensa da sua carreira. Revelado no All Boys, Calleri teve passagem pelo Boca Juniors entre 2014 e 2015, antes de ter seus direitos comprados por um grupo de investidores ligados ao Deportivo Maldonado, do Uruguai.

Questionado diretamente sobre seu vínculo com o Tricolor ser mais forte do que com o antigo clube, Calleri não titubeou e respondeu de forma sincera e direta.

“Sim. Creio que sim. Sempre disse que o lugar onde me senti mais acolhido foi no São Paulo. Quando tomei a decisão de retornar para a América do Sul, foi porque queria ajudar de novo meus companheiros e ser campeão por este clube”, afirmou ele.

Na mesma entrevista, o argentino disse que nasceu para jogar no Tricolor e que sonha em disputar novamente a Libertadores da América pelo clube. Em sua primeira passagem, Calleri chegou às semifinais da Copa contra o Atlético Nacional e fez o gol do time no jogo fora de casa.

Com um edema na coxa, o camisa 30 do Tricolor é provável desfalque para o jogo contra o Red Bull Bragantino, no domingo, pela 28ª rodada do Brasileirão.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorDiretoria autoriza, e Ceni concentra esforços em recuperar o futebol de Pablo
Próximo PostSão Paulo tenta entrar pela primeira vez na zona dos 10 primeiros do Brasileirão
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.