Hugo comemora a vitória Tricolor em 2008
Foto: GloboEsporte

Em jogo válido pela trigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, o São Paulo recebeu o Internacional no estádio do Morumbi com lotação de mais de 55 mil torcedores. O Tricolor tinha a chance de terminar a rodada na liderança do torneio.

(Caso não consiga visualizar a imagem, clique aqui)

O jogo

O técnico Muricy Ramalho tinha todos os titulares à disposição nesta partida. O treinador implementou o esquema 3-5-2, com Rodrigo, André Dias e Miranda na zaga. Nas alas Zé Luís (direita) e Jorge Wagner (esquerda). Como volantes, Jean e Hernanes auxiliavam o trio Hugo, Dagoberto e Borges no ataque.

Jogando em seus domínios, o Tricolor foi para cima, desde os inicio da partida. Com a proposta, em pressionar a saída de bola e articular jogadas pelos lados do campo, com o objetivo de abrir a marcação. Os são-paulinos Dagoberto, Hernanes e Jorge Wagner controlavam as armações e auxiliavam Borges e Hugo que chegavam mais na área para finalizar.

O Colorado pensando nos jogos semifinais da Copa Sul-americana, foi à campo com um time misto. Mas, Tite foi com a proposta de segurar o poder ofensivo do São Paulo e chegar em velocidade no contra ataque. Em alguns momentos do primeiro tempo, Taison e Walter deram trabalho aos defensores paulistas e chegaram a criar chances de gol.

Mas aos 28’, em bola parada pela direita no ataque, o ala Jorge Wagner cruzou, Miranda tocou de cabeça, Lauro espalmou e Borges sozinho tocou para as redes, abrindo o marcador. Para a explosão da torcida são-paulina!!

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Inter teve mais posse de bola e o São Paulo ficou atrás. Aos 6’, em passe errado na saída de bola gaúcha, Dagoberto interceptou a bola, em velocidade, aplicou um drible em Bolívar e ficou de frente a frente com o goleiro, o camisa 25, com um leve toque, encobriu Lauro e fez o segundo tento no duelo.

Com o resultado ao seu favor, o São Paulo ficou na defesa e deixava a bola com os colorados. O meia Alex era o principal armador dos visitantes e tinha dificuldade para armar e furar o bloqueio são-paulino. Somente em chutes de longe ou faltas, que o Colorado ameaçava a meta de Rogério Ceni.

Os paulistas aproveitavam os espaços deixados pelo adversário e contragolpeava com eficiência com Hernanes e Borges. Aos 35’, os dois atletas foram responsáveis da jogada do terceiro gol.

O atacante, ganhou do zagueiro na intermediária e tocou para Hernanes, Marcão cortou e a bola sobrou para Hugo que finalizou de primeira. A gorduchinha bateu caprichosamente na trave, ela voltou para área e o próprio camisa 18, em velocidade, aproveitou e tocou de cabeça para marcar e decretar a convincente vitória por 3 a 0.

Com o êxito, o São Paulo chegou aos 62 pontos ganhos e com o tropeço do Grêmio (empatou com Figueirense em casa e foi para 60 pontos), o Tricolor assume a liderança de forma inédita no Campeonato Brasileiro 2008.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2008

São Paulo 3 x 0 Internacional – 33ª rodada

São Paulo
Rogério Ceni, Rodrigo(Juninho), André Dias, Miranda, Zé Luís, Jean, Hernanes, Jorge Wagner, Hugo, Dagoberto (Jancarlos) e Borges (André Lima).
Técnico: Muricy Ramalho.

Internacional
Lauro, Ângelo (Rosinei), Álvaro, Bolívar, Marcão, Guiñazu, Edinho, Sandro, Alex, Taison (Andrezinho) e Walter (Guto).
Técnico: Tite.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 02/11/2008 (domingo)
Horário: 19h10 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Erich Bandeira (PE)
Público: 54.160 pagantes
Renda: R$ 1.084.830,00
Cartões amarelos: Álvaro, Guiñazu, Bolívar, Rosinei (Int); Dagoberto, Hugo (SP)
Gols: Borges, aos 29min do primeiro tempo; Dagoberto, aos 7min, e Hugo, aos 36min do segundo tempo

Melhores Momentos

(Caso não consiga visualizar o vídeo, clique aqui)

Confira os jogos anteriores

1ª Rodada – São Paulo 0 x 1 Grêmio
2ª Rodada – Athletico 1 x 1 São Paulo
3ª Rodada – São Paulo 1 x 1 Coritiba
4ª Rodada – Santos 0 x 0 São Paulo
5ª Rodada – São Paulo 5 x 1 Atlético/MG
6ª Rodada – Flamengo 2 x 4 São Paulo
7ª Rodada – São Paulo 1 x 0 Sport
8ª Rodada – Cruzeiro 1 x 1 São Paulo
9ª Rodada – São Paulo 1 x 1 Ipatinga
10ª Rodada – Náutico 2 x 1 São Paulo
11ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Palmeiras
12ª Rodada – Vitória 1 x 3 São Paulo
13ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Botafogo
14ª Rodada – Internacional 2 x 0 São Paulo
15ª Rodada – São Paulo 3 x 1 Portuguesa
16ª Rodada – Figueirense 1 x 1 São Paulo
17ª Rodada – São Paulo 4 x 0 Vasco
18ª Rodada – Fluminense 3 x 1 São Paulo
19ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Goiás
20ª Rodada – Grêmio 1 x 0 São Paulo
21ª Rodada – São Paulo 3 x 1 Athletico-PR
22ª Rodada – Coritiba 2 x 2 São Paulo
23ª Rodada – São Paulo 0 x 0 Santos
24ª Rodada – Atlético-MG 1 x 1 São Paulo
25ª Rodada – São Paulo 2 x 0 Flamengo
26ª Rodada – Sport 0 x 0 São Paulo
27ª Rodada – São Paulo 2 x 0 Cruzeiro
28ª Rodada – Ipatinga 1 x 3 São Paulo
29ª Rodada – São Paulo 1 x 0 Náuico
30ª Rodada – Palmeiras 2 x 2 São Paulo
31ª Rodada – São Paulo 2 x 1 Vitória
32ª Rodada – Botafogo 1 x 2 São Paulo


Alan Ribeiro Gomes. Tenho 27 anos, formado em Jornalismo e atualmente faço graduação em Educação Física. A torcida pelo São Paulo Futebol Clube iniciou através de meu pai desde criança. A partida decisiva da final do Campeonato Paulista de 1998 foi um dos grandes marcos em minha vida. Ao longo dos anos, a paixão pelo tricolor só aumentou, independente de vitórias ou derrotas. Acompanhar o Clube da Fé é algo que faz parte da minha vida.

Foto: GloboEsporte.com