Diretor de futebol defende reeleição e alterações no estatuto.
Foto: Reprodução

O diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, concedeu uma entrevista exclusiva ao UOL Esportes. Nas presenças de Marcelo Hazan e Menon, Belmonte comentou a atual situação do clube e foi questionado diretamente sobre a mudança do estatuto, que será votada no próximo dia 23. Sobre isso, defendeu a reeleição e também o voto de sócios torcedores – este último, após um estudo.

Carlos Belmonte, a princípio, indicou e defendeu a possibilidade de os sócios torcedores terem direito a voto no clube. Para isso, no entanto, seria preciso criar regras específicas para impedir fraudes, uma vez que o programa vigente no clube abarca cotas mínimas de 14 reais por mês.

Muito se fala do voto do sócio torcedor. Eu sei que há um estudo feito nesse sentido para que no futuro o sócio torcedor possa votar. Eu sou um defensor de que o sócio torcedor vote, mas dentro de regras que deem segurança institucional ao São Paulo. Por exemplo, não pode o torcedor virar sócio e já votar. Pode aparecer alguém que pague mil sócios e burle. Defendo o voto, mas que venha com regras nesse sentido“, explicou Carlos.

Belmonte fala sobre a reeleição e as mudanças no estatuto: “Irei votar no ‘sim'”

Belmonte ressaltou que estava ali na condição de diretor institucional, mas também sobre a sua posição como sócio do clube. E defendeu as atualizações do estatuto, a quem atribuiu a denominação de “célula viva“. Para ele, o instituto da reeleição, por exemplo, é salutar e faz parte da democracia.

Cria-se uma grande celeuma com relação ao estatuto. Eu acho que o estatuto é uma célula viva que deve sempre ser revisado, quando não está adequado. Ele não é perene. Eu defendo, por exemplo, a reeleição. Acho que a reeleição é algo importante na instituição. Se o presidente for mal, não se reelege. Simples assim. Vota-se em outro candidato. Uma eleição a cada três anos para a instituição e a gestão. Defendo a mudança, irei votar no “sim” e não vejo problema nisso“, explanou Belmonte, que ainda disse que as mudanças são democráticas.

Veja a entrevista completa abaixo ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorPatrick fala como pode ser utilizado no São Paulo
Próximo PostDiretor de futebol do São Paulo fala sobre renovação de Luciano
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.