Casares se pronuncia após empate no Majestoso: “Nunca se trabalhou tanto no São Paulo”

Foto: Reprodução / Instagram

O presidente do São Paulo, Julio Casares, pronunciou-se no Instagram após o empate em 2×2 com o Corinthians na Neo Química Arena no domingo (16).

Apesar de não ter sido derrotado, pelo fato ter ficado duas vezes à frente do placar e ter cedido o empate em ambas, os próprios jogadores descreveram que ficou um sentimento amargo e a sensação de ter desperdiçado a oportunidade de conquistar mais dois pontos.

O mandatário Tricolor escreveu que nunca se trabalhou tanto no clube, relembrou que em um passado recente o time perdia clássicos com frequência e também destacou que o São Paulo ainda vive um momento de reconstrução.

Confira:

“NÃO PODEMOS ESQUECER: Que num passado recente, perdíamos clássicos frequentemente. Que antes amargávamos um fila longa que incomodava muito. Que antes as derrotas eram aceitas com normalidade. Que antes não se via um grupo tão unido e com tanta garra. Que antes existia um tabu que foi derrubado. Que antes clubes com poder econômico maior, tinham muita facilidade para nos bater. Que antes nosso aproveitamento em clássicos era muito ruim. Que antes nossos tropeços ocorriam sem a interpretação que havia a companhia da luta. Enfim, ainda estamos num processo de reconstrução. Um caminho árduo. Um caminho muito difícil pela situação conhecida por todos. Teremos resultados adversos e derrotas, mas estou certo do caráter desse elenco e da luta que cada atleta deixa dentro do campo. Estou certo do empenho da diretoria e da comissão técnica. Honram com dignidade o trabalho diário. Estamos no G6 e lutando em mais 2 competições. Sabemos também que o “antes recente” foi importante para planejarmos um caminho. Chegamos na gestão em 2021 e logo fomos campeões paulistas e saímos de uma longa fila. Em 2022, chegamos em mais 2 decisões e fomos vice-campeões. Em 2023, veio o título que faltava, a inédita Copa do Brasil eliminando Palmeiras, Corinthians e Flamengo. Em 2024, conquistamos a Supercopa Rei vencendo um grande rival e quebramos o tabu na Neo Química. Teremos derrotas sim. Mas espero que continuemos com essa filosofia que devolveu dignidade ao nosso torcedor, cuja torcida representa a 2ª melhor média de público nos estádios no país. Nossa torcida é nosso orgulho. Hoje honramos o nosso passado, trabalhando sem cessar e projetando o futuro que começou em 2021. Posso afirmar que nunca se trabalhou tanto no SPFC. Com o torcedor, nossa cumplicidade é gigante e nunca tivemos tão próximos. Vamos continuar cada vez mais JUNTOS!”.

O próximo desafio do São Paulo é contra o Cuiabá na quarta-feira (19), às 20h, no MorumBIS, em confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!