Ceni revela conversas com Nestor e Orejuela após vaias da torcida

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Na vitória do São Paulo sobre o Santo André no domingo (05) no ABC Paulista, o meia Rodrigo Nestor foi vaiado ao ser substituído na segunda etapa do confronto, assim como ocorreu com o lateral-direito Orejuela durante o Majestoso no Morumbi.

O técnico Rogério Ceni disse que conversou com ambos os atletas após os ocorridos.

“O Nestor quando saiu tava 0 a 0, cometeu alguns erros que acho que faz parte do jogo, finalização, um passe errado. Eu sempre sou favorável do torcedor manifestar essa insatisfação mais no final do jogo, mas é natural. Estava 0 a 0, torcedor que ver a vitória, veio em bom número. Tem que trabalhar com isso, psicologicamente absorver. Falei com ele, assim com falei com Orejuela também. Sentei com ele e expliquei que pior do que está não ia ficar, porque ele já foi vaiado, já foi ofendido, daqui as coisas tendem a melhorar”.

E completou: “O Nestor é um jogador assim como Igor Gomes foi vaiado, Kaká foi vaiado, eu fui vaiado, Luis Fabiano foi vaiado. As vaias são inerentes ao jogos, talvez ganhando a reação seria diferente, mas eu entendo. O torcedor paga ingresso, comparece em grande número, incentiva o time, extravasa é impulsivo. Quando acabou o jogo, estava todo mundo cantando feliz. Tem que saber absorver, ter maturidade, conversar com os outros parceiros, com a gente, pra ter maturidade pra seguir”.

Confira a entrevista completa abaixo:

Caso não consiga visualizar clique aqui.

O próximo desafio do São Paulo é contra o RB Bragantino pela 7ª rodada do Paulistão 2023 na quarta-feira (08), às 19h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia