Confira as fotos do treino dessa sexta-feira
Erico Leonan / saopaulofc

Última visita foi em 2017 quando a equipe entrou no Z4 na 27ª rodada

O começo de Campeonato Brasileiro do Tricolor não foi bom. A equipe fez uma partida abaixo da média contra o Fluminense e empatou no Morumbi, jogou mal contra o Atlético-GO fora de casa e perdeu por 2×0, e na partida de ontem contra o Atlético-MG até jogou bem, mas não acertou o gol adversário e saiu derrotado do Mineirão por 1×0.

Publicidade

Com os resultados e o único ponto conquistado, a equipe voltou a zona de rebaixamento do Brasileirão após 4 anos. A situação é temporária analisando o desempenho da equipe de Crespo no primeiro trimestre, mas a visita faz o são-paulino recordar de tempos complicados.

Em 2017, o time passou por momentos ruins. O começo de ano foi animador com a volta de Rogério Ceni para o clube (na função de treinador) mas os resultados não foram tão bons no começo e a fritadeira do futebol brasileiro queimou o Tricolor do comando (inclusive a gestão Leco teve que pagar uma multa de 5 milhões de reais ao ídolo).

Na 27ª rodada da competição, o São Paulo foi a Minas enfrentar o mesmo Atlético-MG e perdeu novamente por 1×0 com gol de Fábio Santos de pênalti e caiu para a 17ª colocação.

Com o momento ruim, a diretoria foi buscar Hernanes para salvar o time. Junto com Dorival Júnior (treinador) e a presença da torcida, o time conseguiu superar o momento ruim e evitou a tragédia do rebaixamento.

Crespo admitiu ontem na entrevista o momento ruim da equipe e que as lesões estão afetando o time, mas também lembrou que o Brasileirão é uma maratona e não uma corrida de 100 metros.

Tentando melhorar e ultrapassar alguns times, a equipe volta a campo na proxima quarta-feira para enfrentar a Chapecoense no estádio do Morumbi. O jogo válido pela 4ª rodada acontece às 19h.

Publicidade
Post anteriorTricolor se reapresentou nesta segunda após a derrota contra o Atlético-MG
Próximo PostAnálise: Continuam os problemas defensivos do São Paulo | Tática Didática
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.