Rogério Ceni fará curso na CBF, em janeiro
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O técnico Rogério Ceni está completando um mês em sua segunda passagem no Tricolor. Efetivado rapidamente horas depois da demissão do argentino Hernán Crespo, Ceni não precisou de muito para se adaptar. Chegou se dizendo em casa, inclusive.

Até aqui, foram seis partidas sob o comando do São Paulo. Duas vitórias em casa – no clássico contra o Corinthians e no jogo contra o Internacional -, duas derrotas fora de casa – contra o Red Bull Bragantino e contra o Bahia -, além de um empate com o Ceará, no Morumbi, e com o Fortaleza, na Arena Castelão.

O aproveitamento até aqui é de 44,44% dos pontos. A título de comparação, o seu antecessor, Crespo, teve 54,1%. Fernando Diniz, que também saiu de maneira controversa, deixou o clube com um aproveitamento de 54,7%.

Ceni não conseguiu vencer nenhum adversário fora de casa, mas também não perdeu de ninguém no próprio estádio. E o próximo adversário do treinador é justamente o seu ex-clube, o Flamengo. Por lá, sagrou-se campeão carioca, da Supercopa e da Copa do Brasil.

Post anteriorDepois de poupar jogadores, como Renato Gaúcho deve escalar o Flamengo contra o São Paulo
Próximo PostNos últimos 10 jogos, o São Paulo perdeu apenas um para o Flamengo
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.