Convocados para defender a Seleção Brasileira na Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos, o jovem Rodrigo Caio e o Maestro Paulo Henrique Ganso retornaram ao Centro de Treinamento da Barra Funda nesta terça-feira (14) – após a eliminação do país no torneio sul-americano – e se colocaram à disposição para encarar o Vitória na noite desta quarta (15), às 19h30 (de Brasília), no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro de 2016.

A dupla, que estava treinando normalmente sob o comando do técnico Dunga, está preparada para vestir novamente a camisa tricolor e reforçar o time, que precisa de um resultado positivo para colar novamente nos líderes da competição nacional. “Dei o meu melhor no período em que estive com a Seleção, mas agora minha vontade é voltar a jogar pelo São Paulo. Precisamos voltar a pontuar no Brasileiro, e o Patón pode contar comigo”, afirmou o camisa 10, que teve a opinião compartilhada pelo companheiro.

“Estou pronto e com muita vontade de jogar. Quero ajudar o São Paulo e buscar um resultado positivo com os meus companheiros. Nossa equipe precisa voltar a vencer novamente, e estou preparado para tentar ajudar de alguma forma”, disse o defensor, que teve a sua primeira oportunidade de atuar na Seleção Brasileira principal. Enquanto esteve na equipe de Dunga, Rodrigo Caio foi utilizado no amistoso preparatório diante do Panamá (2 x 0).

“Foi uma experiência muito boa, única e que rendeu um grande aprendizado. Tentei desfrutar o máximo possível. Uma pena que a nossa equipe não conseguiu o objetivo, porque todo o grupo queria chegar longe na Copa América”, acrescentou o capitão da Seleção Brasileira Olímpica.

Convocado, Rodrigo Caio não defende o São Paulo desde a classificação para a semifinal da Libertadores da América, quando o Tricolor passou pelo Atlético-MG no dia 18 de maio, em Belo Horizonte – desfalcou o time em seis jogos. Já Ganso, que foi chamado para substituir o lesionado Kaká, não estava à disposição do técnico Edgardo Bauza desde o confronto com o Figueirense (1 x 0) no dia 1º de junho, em Santa Catarina.

De lá para cá, a equipe disputou duas partidas sem o armador: Cruzeiro (1 x 0) e Atlético-PR (1 x 2). Assim que desembarcaram na capital paulista nesta manhã, os jogadores seguiram para o CT da Barra Funda e foram liberados para descansar um pouco após a longa viagem. Os dois, porém, estão relacionados para o embate com o Vitória e ainda nesta noite iniciarão o processo de concentração com o restante do elenco. 

Let’s block ads! (Why?)

Post anteriorSem Michel no treino, Bauza terá retorno de dupla contra o Vitória
Próximo PostTricolor garante permanência de Rogério e nega contato por Bauza