Foto: Reprodução / TV Band

O treinador Hernán Crespo começou o seu trabalho no São Paulo e já trouxe novidades. Além de dar continuidade ao esquema 3-5-2, visto primeiro no jogo contra o Flamengo, Crespo também propôs uma mudança no treinamento dos atletas.

Normalmente, os clubes do futebol brasileiro fazem um ou dois treinos por dia (de manhã e a tarde) e reservam os dias das partidas exclusivamento para se se concentrarem. Entretanto, o técnico argentino fez atividade de campo com atletas no domingo horas antes da estreia no Paulistão e assim será quando o Tricolor jogar no Morumbi.

A prática, pouco comum por aqui, levantou um debate entre os torcedores são-paulinos, alguns a favor e outros contra. O comentarísta da TV Bandeirantes, Denílson Show, comentou sobre os treinos de Crespo no programa “Jogo Aberto”:

“Ele vai fazer os treinamentos no dia do jogo, na manhã, mas esclarecendo: não é um treinamento de uma hora, uma hora e meia, um treinamento normal que você vê durante a semana dois dias antes de um jogo. É muito mais bola parada, posicionamento tático dos jogadores. É a oportunidade que ele tem de mostrar o que ele sabe para os jogadores”

E continuou alertando que as atividades tem tempo reduzido e são muito mais táticas do que físicas:

Acho que pode funcionar, mas óbvio que os jogadores tem que mostrar está disposto a querer fazer isso, mas não é algo que vai cansar o jogador não, o torcedor pode ficar tranquilo porque não é um treinamento de uma e meia. 40, 45 minutos, um escanteio, uma falta, posicionamento tático do sistema defensivo, do meio, do ataque, é um treinamento parado, não tem bola rolando o tempo inteiro, até porque tem um compromisso maior a tarde ou a noite que é o jogo.”

Post anteriorIgor Gomes desfalca o São Paulo contra a Inter de Limeira e Rojas volta a estar disponível
Próximo PostSão Paulo estende contrato de Rojas até maio
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.